Juventude vence a Ponte Preta fora de casa e entra no G-4 da Série B

Juventude vence a Ponte Preta fora de casa e entra no G-4 da Série B

Confiança, Chapecoense, Sampaio Corrêa e Cuiabá também venceram no encerramento da rodada. Confira os detalhes dos jogos deste sábado.

Seis jogos encerraram a 13ª rodada da Série B, neste sábado (3). Fora de casa, o Juventude bateu a Ponte Preta por 3 a 1 e entrou no G-4. Confiança e Chapecoense também venceram como visitantes diante de Náutico e Brasil-RS, respectivamente. Enquanto, jogando em casa, o Sampaio Corrêa levou a melhor diante do CSA, assim como o Cuiabá fez valer o mando de campo para derrotar o Cruzeiro. No outro confronto do dia, América-MG e Guarani ficaram no 0 a 0. Confira os detalhes das partidas:

Ponte Preta 1 x 3 Juventude

Em confronto direto na parte de cima da tabela, o Juventude foi até o Moisés Lucarelli e venceu Ponte Preta. O primeiro tempo do duelo foi bastante movimentado. O time da casa assustou mais, porém os visitantes foram mais efetivos. Aos 23, Igor tabelou com Bochecha e mandou uma bomba para o fundo das redes: 1 a 0. A Macaca tentou a resposta com Matheus Peixoto, Apodi, Moisés, Luan Dias e Dawhan, que esbarraram tanto na falta de pontaria quando na grande atuação do goleiro Marcelo Carné. O empate do time da casa veio já na etapa complementar. Matheus Peixoto, de pênalti, fez 1 a 1, aos oito. Mas de novo o Ju não bobeou e retomou a vantagem logo na primeira oportunidade. Na marca dos 21, Gustavo Bochecha recebeu de Dalberto e acertou um belo chute de canhota. Depois do gol, o Juventude foi para cima e, aos 36, João Paulo, também em cobrança de pênalti deu números finais ao confronto. 

Com o resultado, o Juventude entrou no G-4 da Série B, com 22 pontos conquistados. Enquanto a Ponte Preta tem 21 e caiu para quinta posição. 

América-MG 0 x 0 Guarani

América-MG e Guarani ficaram no 0 a 0 pela 13ª rodada
Não teve gol, mas teve emoção no Independência, na partida que abriu os trabalhos da Série B neste sábado. Jogando em casa, o Coelho mandou no primeiro tempo, mas não conseguiu transformar o domínio em bola na rede. Alê, Léo Azevedo e Ademir pararam ora na trave ora na grande atuação do goleiro Gabriel Mesquita. Na etapa complementar, o Guarani até equilibrou o jogo, mas foi novamente a equipe mineira que criou as melhores oportunidades principalmente com Felipe Augusto e Guilherme e novamente a defesa do Bugre conseguiu segurar o 0 a 0. 

Com o empate, o América chegou aos 20 pontos e ocupa a sétima posição, enquanto o Guarani segue no Z-4, com 11 pontos somados. 

Sampaio Corrêa 1 x 0 CSA

O Sampaio tomou conta do jogo no início do primeiro tempo. E a pressão do time da casa não demorou muito para surtir efeito. Aos 16 minutos, Luís Gustavo colocou a bola na área e Gustavo Ramos subiu mais que a marcação para abrir o placar no Castelão. A tentativa de resposta do CSA veio com Rodrigo Pimpão, aos 25. Na volta do intervalo, a partida perdeu em intensidade. Paulo Sérgio, até criou uma rara chance para o Azulão, aos 14, mas foi só. Com a vantagem no placar, o Tricolor conseguiu administrar o resultado até o apito final.

Com a vitória, o Sampaio Corrêa segue no Z-4, mas soma agora 11 pontos. A equipe maranhense ainda tem três jogos a menos na competição. Já o CSA é o 15º, com 13 pontos e um jogo a menos. 

Náutico 0 x 1 Confiança

Confiança venceu o Náutico fora de casa pela 13ª rodada
Nos Aflitos, o Timbu até teve mais posse de bola, mas foi o Dragão que saiu de campo com os três pontos. A equipe sergipana apresentou seu cartão de visitas aos 11 minutos, quando Reis carimbou a trave. Três minutos depois, o atacante teve mais uma chance, dessa vez em cobrança de falta, e acertou o ângulo da meta adversária: 1 a 0. O camisa 11 ainda assustou outras duas vezes para o Confiança assim como Ítalo. Do outro lado, o Náutico tentou com Thiago Fernandes e Hereda. Na etapa complementar, o duelo desacelerou e o placar do primeiro tempo seguiu até o apito final. 

A vitória coloca o Dragão na 12ª posição, com 15 pontos. Já o Timbu tem 14 pontos, um jogo a menos e ocupa a 14ª posição.  

Brasil-RS 0 x 1 Chapecoense

A Chapecoense não quis saber se o jogo era fora de casa e vai voltar para Chapecó com mais três pontos. O jogo começou movimentado no Bento Freitas, mas o primeiro tempo terminou zerado. Os visitantes assustaram com Denner e Ronei, enquanto o Brasil-RS respondeu com Danilo Gomes. No segundo tempo, a história parecia se repetir, a bola parecia que não entraria. Até que, já na marca dos 45, Vini Locatelli fez o cruzamento e, após bate-rebate dentro da área, Luiz Otávio empurrou para o gol e garantiu a vitória da Chape: 1 a 0.

O triunfo coloca os catarinenses na vice-liderança, com 22 pontos e dois jogos a menos. Já o Xavante é o 11º, com 15 pontos e um jogo a menos.

Cuiabá 1 x 0 Cruzeiro

Na Arena Pantanal, o primeiro tempo foi de pouca emoção. O Cruzeiro até criou a primeira chance do jogo com Sassá, aos 13 minutos. Mas foi só. Do outro lado, o time da casa chegou com perigo já na marca dos 43 em finalização de Jenison, que parou em grande defesa de Fábio. O panorama da etapa inicial se repetiu durante boa parte do segundo tempo. Mas quando o duelo parecia se encaminhar para o 0 a 0, Felipe Marques no último lance garantiu a vitória do time da casa. Após cruzamento de Yago, o camisa 18 testou firme direto para o fundo das redes: 1 a 0 e fim de jogo. 

A vitória no apagar das luzes deixa o Dourado ainda mais isolado na ponta da tabela, com 28 pontos. Já a Raposa tem 11 e voltou para o Z-4.

Foto: Rebeca Reis/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email