Governo do Estado abre inscrições para o Pitch Paraná

Governo do Estado abre inscrições para o Pitch Paraná
Curitiba-06-10-2020 - PITCH PARANA - Foto : Jonathan Campos / AEN

Projeto é dirigido a startups e busca soluções inovadoras que possam ser adotadas no Estado nas áreas de Agronegócio, Saúde, Governo, Transformação Digital e Empreendedorismo Social. 

O Governo do Estado abriu nesta terça-feira (06.10) as inscrições para o Pitch Paraná, projeto que busca ideias inovadoras que contribuam para o desenvolvimento estadual, desburocratização do serviço público e melhoraria da vida das pessoas.  Pitch é uma apresentação rápida sobre um projeto ou produto para um público de interessados que pode se tornar sócio, investidor, parceiro da proposta ou cliente.  

Lançado em evento online na segunda-feira (05), o Pitch Paraná é dirigido a startups. O projeto foi idealizado pela Superintendência Geral de Inovação, vinculada à Casa Civil, e conta com o apoio da Celepar e a parceria da Assespro, do Sebrae e da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep). 

“O papel do Estado é olhar para o futuro e estamos fazendo isso com esse projeto. O Pitch Paraná une o ecossistema de inovação, aproximando startups, mentores, regionais de inovação, representantes do setor privado e investidores para identificar ideias inovadoras e tecnologias inclusivas que gerem emprego e oportunidades para todos”, explica o chefe da Casa Civil, Guto Silva. O objetivo é oferecer um espaço para novos empreendedores que tragam soluções que possam a vir a serem utilizadas no Governo do Paraná.  

OPORTUNIDADE – O superintendente geral de Inovação, Henrique Domakoski, acredita que o Ptich Paraná vá fomentar o ecossistema de inovação paranaense. “Hoje o Paraná é o estado que mais cresceu em tecnologia e inovação. O governador Ratinho Junior sempre diz que não há melhor programa social do que fomentar emprego e renda. E não há melhor forma disso acontecer do que apoiar o empreendedorismo e a inovação”, diz. 

Estudo da Neoway, empresa especializada em Inteligência Artificial e análise de grandes volumes de dados, aponta o Paraná como o quarto estado em número de empreendedores na área de tecnologia, atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e Curitiba como a cidade com a maior pontuação no ranking de eficiência produtiva no setor de tecnologia. “O Pitch vai permitir que empreendedores de todo o Estado tenham acesso a especialistas, mentores e investidores”, acrescenta Domakoski. 

POTENCIAL – Para o presidente da Celepar, Leandro Moura, a inovação será a mola propulsora da retomada da economia. “O que mais importa na tecnologia é o quanto ela impacta a vida do cidadão. Se não pensarmos na ponta, não tem valor”, afirma. 

No lançamento do programa, o presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy, destacou o potencial de crescimento do Estado em tecnologia e inovação. “O Paraná vem se consolidando nacionalmente nessa área, que é um grande vetor de desenvolvimento”, disse. 

Opinião compartilhada pelo gerente de inovação da Fiep, Felipe Couto. “É um caminho sem volta. Não há desenvolvimento econômico sem a participação de startups”. 

Para o diretor superintendente do Sebrae Paraná, Vitor Tioqueta, o Pitch Paraná ganha força e importância pelo trabalho em conjunto. “Essa visão do governo de trabalhar em parceria com empresas traz resultados para o Estado como um todo”, ressalta.  

INSCRIÇÕES – As inscrições para o Pitch Paraná devem ser feitas no link pitchparana.pr.gov.br/#home. A startup (com ou sem CNPJ) deve preencher o formulário do site e enviar o vídeo do seu Pitch de até 3 minutos para avaliação de uma banca especializada em uma das cinco temáticas: Agronegócio/Agro Tech, Saúde e Biotecnologia/HealthTech, Governo e Cidades Inteligentes/GovTech-Smart Cities, Transformação Digital e Industria 4.0 e Empreendedorismo Social.  

O prazo para inscrições termina às 18h do dia 16 de outubro. No dia 21 serão divulgados cinco selecionados de cada área, que farão apresentação para uma banca composta por representantes da Superintendência Geral de Inovação do Governo do Estado do Paraná (SGI), Celepar, Sebrae, Fiep e Assesspro.  

APRESENTAÇÕES – As apresentações serão abertas e estão agendadas para os dias 28/10 (Agronegócio/Agro Tech); 04/11 (Saúde Biotecnologia/HealthTech); 11/11 (Governo e Cidades Inteligentes/GovTech-Smart Cities), 18/11 (Transformação Digital e Industria 4.0); e 25/11 (Empreendedorismo Social). 

O melhor pitch de cada temática será classificado para a grande final, marcada para o dia 2 de dezembro. Além da banca, serão convidados para acompanhar as apresentações investidores interessados em projetos nessas áreas. 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email