Fatos e estatísticas do GP da Eifel: Hamilton faz história – e Mercedes iguala recorde da Ford

Fatos e estatísticas do GP da Eifel: Hamilton faz história – e Mercedes iguala recorde da Ford

Era provável que Nurburgring da Alemanha fosse o palco para ver Lewis Hamilton igualar o recorde de Michael Schumacher de 91 vitórias na F1 . Mas havia muitos outros números interessantes no Grande Prêmio da Eifel. Aqui estão apenas alguns deles.

• Hamilton alcançou 91 vitórias em 260 partidas. Schumacher fez isso em 246 partidas.

• A Mercedes venceu em Nurburgring pela primeira vez desde 1954, quando Juan-Manuel Fangio conquistou a vitória.

• A vitória de Hamilton significa que 5 das últimas 6 corridas de F1 em Nurburgring foram vencidas a partir do 2º lugar do grid.

• Os motores da Mercedes-Benz empataram hoje o recorde de todos os tempos da Ford de 228 pontos consecutivos, estabelecido entre 1967 e 1983 com o lendário motor Cosworth DFV.

• A Mercedes liderou todas as voltas da corrida pela 8ª vez em 11 corridas em 2020.

1279651547
Já faz um tempo – Daniel Ricciardo estava emocionado por estar de volta ao pódio

• Max Verstappen terminou em 2º pela 2ª corrida consecutiva e pela 5ª vez este ano.

• A Honda fez sua estreia na F1 em Nurburgring em 1964. Hoje, eles conquistaram apenas o segundo pódio de sempre aqui com Verstappen, após Jenson Button com a BAR em 2004.

• Daniel Ricciardo deu à Renault o primeiro pódio desde Nick Heidfeld no GP da Malásia de 2011.

• A Renault é o 7º construtor diferente no pódio em 2020, o maior desde 2012.

• Foi o primeiro pódio de Ricciardo desde Mônaco 2018.

• Sergio Perez, da Racing Point, agora conquistou consecutivamente o quarto lugar, sem nenhum resultado nos três primeiros desde o pódio no Azerbaijão 2018

• Perez marcou na sua 15ª corrida consecutiva, empatando a melhor sequência da sua carreira (sem contar as corridas que falhou devido ao Covid-19 no início desta temporada).

• Com Pierre Gasly terminando em 6º, AlphaTauri agora tem uma sequência de 8 corridas de pontuação, a mais longa de sua história como AlphaTauri, Toro Rosso ou Minardi.

• O reserva da Racing Point, Nico Hulkenberg, terminou em 8º na última posição da grelha, tendo também sido 7º no GP do 70º aniversário no início do ano.

• Hulkenberg agora tem tantos resultados entre os 8 primeiros nesta temporada quanto Sebastian Vettel, da Ferrari.

• Na Haas, Romain Grosjean terminou no P9, encerrando uma sequência de 20 corridas sem pontod que se estendeu até a última vez que correu na Alemanha, em Hockenheim em 2019.

• Na P10, Antonio Giovinazzi da Alfa Romeo marcou o seu primeiro ponto desde a corrida de abertura do ano na Áustria.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email