Comunidade Judaica Ortodoxa em Nova York desafia as novas restrições impostas pelo estado às sinagogas, escolas e negócios não essenciais

Comunidade Judaica Ortodoxa em Nova York desafia as novas restrições impostas pelo estado às sinagogas, escolas e negócios não essenciais

“Será que o cidadão deve, ainda que por um momento e em grau mínimo, abrir mão de sua consciência em prol do legislador? Nesse caso, por que cada homem dispõe de uma consciência? Penso que devemos ser primeiro homens, e só depois súditos. Não é desejável cultivar tanto respeito pela lei quanto pelo que é direito. A única obrigação que tenho o direito de assumir é a de fazer em qualquer tempo o que julgo ser correto.”  (A Desobediência Civil – Henry Thoreau)

O pesadelo de toda mente totalitária é perceber que o povo não se submeterá aos seus desejos passivamente. Um grande protesto ocorreu na terça-feira à noite (06/10) contra o governador democrata de Nova York, Andrew Cuomo, e o prefeito de Nova York Bill de Blasio. Os protestantes acreditam que as restrições relacionadas à pandemia de coronavírus estão sendo demasiado agressivas.

Os manifestantes atearam fogo a máscaras e outros símbolos de medidas de proteção que estão sendo utilizados durante a pandemia. O jornal conservador Daily Wire aponta a dureza nas medidas no seguinte trecho:

 “A comunidade judaica ortodoxa afirma que eles estão sendo discriminados, este ponto foi deixado claro em um comunicado que os líderes fizeram e que foi divulgado na noite de terça-feira, questionando a constitucionalidade da repressão promovida por  Cuomo e De Blasio.”

“Estamos chocados com as palavras e ações do governador Cuomo hoje”, escreveram eles. “Ele optou por impor um fechamento tanto cientificamente como constitucionalmente questionável de nossas comunidades.”

Fonte: Daily Wire
Leia a matéria completa em : https://www.dailywire.com/news/orthodox-jewish-community-in-nyc-holds-massive-protest-to-challenge-coronavirus-restrictions
Print Friendly, PDF & Email