Projeto de pesquisa recebe voluntários para avaliar Covid-19 em animais domésticos

Projeto de pesquisa recebe voluntários para avaliar Covid-19 em animais domésticos

Aprovado na chamada pública de parceria entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e Ministério da Saúde, um estudo da Universidade Federal do Paraná (UFPR) vai avaliar a presença da Covid-19 em animais domésticos e analisar o risco de transmissão da doença pelos pets. O estudo precisa de voluntários – animais cujos donos testaram positivo para o coronavírus, em cinco capitais do país: Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Recife (PE) e São Paulo (SP). Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail covid19@ufpr.br.

Serão incluídos na pesquisa animais de companhia cujo dono esteja em isolamento domiciliar, com diagnóstico laboratorial confirmado para SARS-CoV-2 por RT-PCR ou resposta imunológica apenas por IgM (caracterizando doença ativa), até sete dias da data do diagnóstico. A participação é gratuita.

Serão avaliados 1.000 animais, distribuídos entre as cinco capitais. Os voluntários receberão o termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE) e questionário de televigilância, a fim de determinar as características ambientais e outros fatores associados à infecção nos animais. Para análise da transmissão de SARS-CoV-2 entre humanos e seus animais, serão coletadas amostras biológicas com intervalo médio de sete dias.

Segundo o coordenador do projeto, o professor Alexander W. Biondo, da UFPR, “esta pesquisa contribuirá para a tomada de decisão pelo poder público quanto a medidas de prevenção e controle da Covid-19 frente a animais de estimação, como quarentena, isolamento ou outras medidas cabíveis. Espera-se estabelecer propostas de ações entre as instituições de pesquisa e as secretarias municipais de saúde, para que essas possam estabelecer fluxogramas internos de atenção à saúde animal e proteção à saúde humana”.

Os resultados dos testes serão informados aos donos dos animais por contato telefônico e pela emissão de laudo eletrônico, que será enviado por e-mail ou aplicativo de comunicação. Em caso de resultado positivo, os demais animais da residência também serão testados em agrupamentos por espécie animal e os familiares serão orientados a estabelecer o acompanhamento veterinário por 14 dias e intensificação das medidas de higiene e proteção individual e coletiva.

Chamada pública

A Chamada Pública MCTI/CNPq/FNDCT/MS/SCTIE/Decit n. 7/2020 foi fruto de uma parceria entre MCTI e o Ministério da Saúde. Foi lançada em abril e prevê o investimento de R$ 50 milhões: R$ 30 milhões são do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e R$ 20 milhões do Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (Decit/SCTIE).

Fonte Gov.br

Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor.

Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito.

Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto acesse o link abaixo e aplique o código JOMAFE e obtenha o desconto promocional.

Assinatura Leitor Prêmio

Print Friendly, PDF & Email