Wolff diz que “gostou” da luta na primeira volta de Bottas e Hamilton

Wolff diz que “gostou” da luta na primeira volta de Bottas e Hamilton

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas deram uma largada dramática no Grande Prêmio Eifel enquanto iam roda a roda nas duas primeiras curvas – mas em vez de ficarem tensos enquanto assistiam seus dois pilotos lutarem um contra o outro, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse que realmente gostou do que viu.

O líder do campeonato, Hamilton, fez a melhor largada do segundo lugar no grid para passar na frente na Curva 1 e então deu a seu companheiro de equipe finlandês o aperto na saída da curva. Mas, em vez de recuar, Bottas manteve o pé no acelerador e se manteve do lado de fora, dando-lhe a linha interna para a Curva 2, onde retomou a liderança.

“Gostei da disputa entre os dois porque duvidei que haveria algum contato”, disse Wolff. “Esses caras se respeitam, eles sabem muito bem quais são os limites dessa equipe”.

“Lewis freou um pouco tarde e teve um bloqueio total, e isso obviamente empurrou Valtteri para longe, mas Valtteri, em grande estilo como piloto de rally, manteve o pé no chão e mereceu preservar a posição. Eu gostei disso”.

Hamilton elogiou o espírito de luta de seu companheiro de equipe também, acrescentando: “Lembro-me de sair daquela curva pensando, ‘bom para você, cara – estou impressionado, foi bom”.

Bottas disse: “Não ia desistir dessa posição facilmente, por isso decidi apostar no exterior. Estou contente por ter recuperado a posição na segunda curva”.

Um travamento no meio da primeira passagem fez com que Bottas fugisse na Curva 1, permitindo que Hamilton assumisse a liderança. Posteriormente, Bottas abandonou com um problema mecânico, que a equipe suspeita estar relacionado ao MGU-H – e Wolff revelou que se desculpou com o finlandês pelo problema”.

“Pedi desculpa pelo fracasso”, explicou Wolff. “Acredito que uma [estratégia] de duas paradas pela qual ele se colocou em uma trajetória teria sido algo que poderia ter funcionado para vencer a corrida, mas é o que é. Este ainda é um esporte mecânico e hoje foi nós que o decepcionamos”.

Com a vitória de Hamilton, Bottas caiu para 69 pontos atrás de Hamilton com apenas seis Grandes Prêmios restantes. No entanto, o finlandês se recusa a desistir da luta, enquanto ainda é matematicamente possível conquistar o título.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email