Roubo de veículos cai mais de 75% em Goiás

Roubo de veículos cai mais de 75% em Goiás


Números de janeiro a setembro de 2020 apresentam grande redução na comparação com igual período de 2018, cenário encontrado pela nova gestão. Dados refletem intenso trabalho desempenhado de forma integrada pelas forças de segurança do Estado.

Em meio a crescente queda nos indicadores criminais no Estado, destaca-se a redução considerável no número de roubo de veículos. Os dados do Observatório de Segurança Pública, da Secretaria de Segurança Pública de Goiás, revelaram uma redução de 75,70% nos registros desta natureza, entre janeiro e setembro de 2020, em comparação com os nove primeiros meses de 2018, cenário encontrado no início do governo de Ronaldo Caiado. Nesse mesmo período, o roubo de cargas também apresentou diminuição de 75,98%. 

O combate as quadrilhas e grupos organizados que atuam nessas modalidades criminosas tem sido intenso e uma das principais prioridades do Governo de Goiás. Os números em queda refletem o trabalho desempenhado pelas forças de segurança.

Para o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, a integração entre as forças, associada a um maior trabalho de inteligência, contribuiu para o saldo positivo. “O trabalho de repressão qualificada que foi feito, identificando quais são os reais comandantes desses crimes e ir em cima deles, tem auxiliado nesses resultados”, ressaltou. 

Segundo Rodney Miranda, o trabalho de excelência desempenhado pelas corporações tem refletido não só para a redução dos índices, mas principalmente para a percepção e sensação de segurança que a população de Goiás hoje tem sentido. “Segundo o relato daqueles que já estão há mais tempo em atividade aqui no Estado, é uma sensação de segurança inédita em Goiás. Então, já estamos colhendo frutos importantíssimos”, destacou o secretário.

Outro ponto positivo é a mudança no preço do seguro de veículos e de cargas, que registrou queda significativa no Estado. “É o menor, em relação a todos os outros Estados do Brasil”, comemorou o governador Ronaldo Caiado, que voltou a garantir que isso faz parte da promessa de devolver Goiás aos goianos. “No meu governo não se passa a mão na cabeça de bandido, tenha a estatura que tiver”, reforçou.

A queda nesses números é vista como uma mudança drástica no cenário da segurança pública goiana pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA). Para o titular da especializada, delegado Paulo Ludovico, o que houve foi uma verdadeira “revolução”. “Saímos de 30 a 40 roubos de veículos por dia para atingirmos, hoje, patamares inimagináveis. Tal resultado é fruto de três pilares básicos: planejamento, combate à macrocriminalidade e continuidade nas investigações”, afirmou.

Entre as operações de grande repercussão, está a Sétimo Selo, deflagrada em abril de 2019. Por meio da ação, a polícia desarticulou uma associação criminosa responsável pela receptação de veículos roubados/furtados, adulteração de sinais identificadores de veículos automotores e financiamento para o tráfico de drogas. 

A operação proporcionou, ainda, o bloqueio de R$ 17 milhões do grupo criminoso, a prisão de 13 pessoas e a apreensão 30 veículos de luxo.

Outra ação de destaque foi a Derrocada, da DERFRVA, que desmantelou uma organização criminosa responsável pela prática de diversas infrações penais, como tráfico de drogas, roubo e receptação de veículos, adulteração de sinais identificadores de veículo automotor e homicídios. Os suspeitos atuavam ainda na venda de peças roubadas em lojas da Vila Canaã, na capital. Ao todo, 11 pessoas foram presas.

Fonte: Governo de Goiás

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email