Brasil estreia com medalha no Grand Slam de Judô de Budapeste

Brasil estreia com medalha no Grand Slam de Judô de Budapeste

Willian Lima faturou bronze após vencer Battogtokh, da Mongólia.

No primeiro dia de disputas no Grand Slam de Judô de Budapeste (Hungria),  o brasileiro Willian Lima, de 20 anos, faturou a medalha de bronze na c ao vencer por dois waza-ari (ippon) o meio-leve (categoria até 66 quilos) o atleta Erkhembayar Battogtokh, da Mongólia. Com o triunfo, Lima garantiu 500 pontos no ranking, que vale para a classificação para à Olimpíada de Tóquio (Japão) em 2021. Atualmente,  o brasileiro ocupa a 29ª colocação

A corrida pela vaga olímpica foi estendida até 29 de junho de 2021, devido ao adiamento dos Jogos de Tóquio (Japão) para o ano que vem. Os 18 judocas mais bem colocados no ranking – em cada categoria, e por gênero – carimbam o passaporte rumo a Tóquio. A competição distribui mil pontos aos atletas campeões. Atualmente, Willian Lima ocupa a 29ª colocação.

A competição em Budapeste marca o retorno do Circuito Mundial de Judô após seis meses de paralisação, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covdi-19). O evento termina no domingo (25). A delegação brasileira conta com 18 judocas – 12 homens e seis mulheres – na capital húngara, onde estão cerca de 400 atletas de 69 países, incluindo o Brasil. As lutas tem transmissão gratuita, ao vivo, no portal da Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês). Confira no final do texto a programação das lutas deste fim de semana. .

O judoca publicou mensagem no Instagram, dedicando a conquista desta sext-feira (23) aos atletas italianos que não puderam participar do Grand Slam devido à pandemia. 

Caminho até o bronze

Nesta sexta-feira (23), o brasileiro estreou com vitória após um ippon contra o israelense Yarin Menagede. Na rodada seguinte, Willian se classificou para as oitavas de final ao superar por waza-ari o atleta Azeri Nijat Shikhalizada, do Azerbaijão, um dos cabeças de chave da categoria até 66 kg. Nas oitavas, o brasileiro se destacou pela intensidade: venceu o  o mongol Narmandakh Bayanmunkh, e o peruano o Juan Postigos. Na penúltima luta, a disputa seguia equilibrada com o russo Abdula Abdulzhalilov até que o adversário encaixou um contra-golpe, venceu o brasileiro, garantindo a vaga na final. Willian ficou com um dos bronzes, o outro foi para o Orkhan Safarov, do Azerbaijão.

Lutas deste fim de semana

Sábado (24)

6h – Preliminares

10h – Bloco Final (medalhas)

Lutam: Ketleyn Quadros (63kg), Maria Portela (70kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), João Pedro Macedo (81kg) e Guilherme Schimidt (81kg). 

Domigo (25)

6h – Preliminares

10h – Bloco Final (medalhas)

Lutam: Maria Suelen Altheman (+78kg), Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg), Marcelo Gomes (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Silva “Baby” (+100kg) e David Moura (+100kg).

Foto: Reprodução/Twitter CBJ
Fonte: Agência Brasil

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email