fbpx
Esportes

Ricciardo promete compensar o giro na qualificação no GP de Portugal depois de perder o Q3

Compartilhar

Um erro de Daniel Ricciardo é uma raridade, mas o australiano deixou escapar um na qualificação do GP de Portugal, o que acabou por impedi-lo de participar no Q3 – no entanto, o piloto da Renault está otimista para a corrida e prometeu “compensar o erro” na corrida.

Ricciardo perdeu o carro na Curva 11 em sua última corrida no Q2, deslizando para trás através do cascalho e na barreira, danificando sua asa traseira. Enquanto ele se recuperava para os boxes, sua equipe Renault fracamente perdeu a chance de consertar seu carro a tempo de sair e marcar um tempo de volta no Q3.

“Eu girei”, disse Ricciardo sem rodeios quando solicitado a descrever o que aconteceu. “Eu não sei. Os carros são bastante sensíveis, tive que passar por algumas voltas, estão fora da linha de corrida, mas virando e freando depende de onde vem o vento”.

“Senti que assim que entrei perdi a traseira, mas vou assistir de novo, e ver se foi algo de que causei, mas está feito. Obviamente é uma pena, porque quando o perdi, estava bem, vou rodar e voltar a andar, mas continuou até bater na barreira e danificar a asa traseira”.

“A equipe esteve muito perto de me colocar de volta na pista para o Q3. Mais um minuto e estávamos no caminho certo. É uma pena, eu podia vê-los trabalhando duro nos espelhos, tentando fazer funcionar para mim, então foi um pouco decepcionante para eles, mas faremos isso acontecer amanhã”.

Independentemente do giro, a Renault não parecia ter ritmo para competir com o Racing Point, nas mãos de Sergio Perez, e da McLaren – seus rivais na luta pelo P3 no campeonato de construtores, mas Ricciardo tem esperança de que assim seja mais na luta em termos de ritmo de corrida na tarde de domingo.

“Sinto que, assim que entrarmos no ritmo, podemos colocar o carro em um lugar um pouco mais feliz”, disse Ricciardo, que superou o companheiro de equipe Esteban Ocon pela 10ª corrida consecutiva, com o francês largando uma posição mais atrás, em 11º.

“No desempenho de uma volta, lutamos um pouco neste fim de semana. Acho que a superfície é tão escorregadia que todos estão usando toda a força aerodinâmica que têm”.

“Embora tenhamos melhorado, acho que ainda sabemos que é nossa área mais fraca, muitos carros ainda têm pacotes de força aerodinâmica melhores do que nós e acho que é aí que eles estão nos colocando em uma volta”.

“Assim que a corrida terminar e entrarmos nos pneus, deve ficar tudo bem. Estou pronto para seguir em frente, terminar melhor que décimo e compensar o erro de hoje”.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »