Copa Sul-Americana: Com gols no fim, São Paulo perde para o Lanús na Argentina por 3 a 2

Copa Sul-Americana: Com gols no fim, São Paulo perde para o Lanús na Argentina por 3 a 2

O time brasileiro chegou a ficar em vantagem, sofreu a virada, empatou no fim, mas acabou derrotado.

O São Paulo volta da Argentina com um resultado negativo pela partida de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. O time de Fernando Diniz enfrentou o Lanús, no Néstor Díaz Pérez, e acabou derrotado por 3 a 2, com gols no fim do confronto.

A equipe argentina não entrava em campo desde o dia 16 de março, em derrota para o Argentinos Juniors pela Copa da Superliga Argentina, ainda antes da pandemia do novo coronavírus.

Com o resultado, o time argentino joga pelo empate na partida de volta, na próxima quarta-feira (4), no Morumbi. O São Paulo garante a classificação se vencer por 1 a 0, 2 a 1 ou por uma diferença de gols maior.

O Lanús começou melhor e chegou a pressionar o São Paulo nos primeiros minutos, aproveitando uma dificuldade do time brasileiro na saída de bola. No entanto, no primeiro ataque são-paulino, aos 12 minutos, Tchê Tchê deu início à jogada e tocou para Luciano, que serviu Brenner. O jovem atacante só empurrou para as redes e marcou seu 12º gol no ano.

Depois do gol, no entanto, a pressão do Lanús se intensificou, e o São Paulo ficou recuado no campo de defesa e sem conseguir armar contragolpes até o final do primeiro tempo.

De tanto insistir, a pressão do Lanús fez efeito no início do segundo tempo. Aos sete minutos, Di Placido cruzou, Daniel Alves afastou mal e a bola sobrou para Sand, que completou para as redes.

Daniel Alves tentou se redimir logo em seguida em cobrança de falta, bateu na barreira e, no rebote, emendou de primeira para acertar a trave. Mas a noite era do experiente Sand. Maior artilheiro da história do Lanús, ele mostrou porque é ídolo da torcida argentina e, aos 39 minutos, recebeu dentro da área, girou e bateu para o fundo do gol, virando a partida.

O São Paulo não se abalou e ainda buscou o empate no final. Apenas dois minutos depois do segundo gol argentino, Vitor Bueno tocou para Luciano, que rolou para Brenner chutar com violência e estufar as redes deixando tudo igual novamente.

Com emoção até o fim, o Lanús ainda marcou o terceiro aos 45 minutos, e fechou o placar. Quingnón recebeu cruzamento e, livre dentro da área, tocou de cabeça para dar números finais ao jogo.

Foto: Getty Images
Fonte: Federação Paulista de Futebol

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email