RJ: Instituto Estadual de Engenharia e Arquitetura completa 30 anos

RJ: Instituto Estadual de Engenharia e Arquitetura completa 30 anos

O Instituto Estadual de Engenharia e Arquitetura (Ieea) completa 30 anos neste 1º de novembro. A autarquia atende as demandas de órgão da administração público e de municípios do interior fluminense. Fundado em 1990, o instituto é o órgão detentor das carreiras Engenharia, Arquitetura, Geografia e Geologia, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente, o Ieea conta com cerca de 200 técnicos para elaborar projetos, vistoriar, fiscalizar, fazer funcionar estruturas físicas, pensar políticas públicas, criar estratégias funcionais e sustentáveis.

Os projetos de sinalização turística elaborados pelo IEEA se tornaram uma referência no Estado. Após analisar os atrativos turísticos, os técnicos propõem um conjunto de placas indicativas, partindo dos limites do município até o ponto onde deseja identificar, facilitando principalmente o deslocamento de turistas.

– Já entregamos mais de 20 projetos diretamente aos municípios, além da parceria com a Secretaria de Estado de Turismo e TurisRio para sinalização das regiões turísticas – complementa Malvaris.

Por meio de um acordo de cooperação técnica firmado entre IEEA e a Secretária de Estado de Educação, para elaboração de projetos contra incêndio e pânico nas 1.200 escolas da rede estadual, foram economizados mais de R$ 15 milhões dos cofres públicos.

Na agenda do presidente do instituto, Manolo Salazar, constam parcerias com universidades, órgãos de todos os entes federativos para transferência de conhecimentos e tecnologias, além de uma serie de programas que a serem implantados, em diversas áreas.

– Estamos construindo os próximos 30 anos. Contamos com o apoio integral da Secretaria de estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra), comandada pelo secretário Bruno Kazuhiro, pasta à qual somos vinculados, atuando de forma conjunta dedicando a atender as diversas demandas de um estado do tamanho do nosso. A estrada é longa, mas a nossa missão é fazer com que o caminhar seja seguro e eficiente – afirma Salazar.

O IEAA planeja os próximos anos. As ações propostas, todas com a parceria da Secretaria de Infraestrutura e Obras, têm por finalidade contribuir para redução de gastos e melhoria da qualidade de vida do cidadão fluminense.

Na direção da redução de gastos públicos o IEEA trabalha dois programas: o Energia Legal e o Energia Limpa, ambos com foco na redução das despesas do estado. O primeiro propõe uma reavaliação das atuais condições contratuais de fornecimento de energia elétrica dos prédios de propriedade do estado, para estabelecer, quando necessário, alterações que venham gerar economia aos cofres públicos. Já o segundo prevê a instalação de sistemas fotovoltaicos fomentando além da redução de recursos financeiros, a sustentabilidade.

Salazar destaca ainda duas ações que a autarquia pretende implementar a curto prazo.

– Implantaremos pilotos dos programas Morar Saudável Urbano e Rural para que possamos melhor orçar os custos da aplicabilidade – comenta Salazar.

Os programas consistem na proposta de melhorias habitacionais visando à salubridade e ao incremento de artifícios de sustentabilidade econômica e ambiental junto a populações em situações precárias. A realização de projetos e obras no Morar Saudável tem como finalidade atender e adequar unidades residenciais a condições básicas de saneamento, abastecimento de água, melhorias de ventilação e iluminação, eliminação de infiltrações e vazamentos, dentre outras demandas que possam ser identificadas e pertinentes ao propósito delimitado.

Fonte: Governo do Rio de Janeiro

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email