Flamengo e América/MG se classificam na Copa do Brasil

Flamengo e América/MG se classificam na Copa do Brasil

Com dois gols de Pedro e um de Michael, time carioca confirma vantagem construída no primeiro jogo e elimina o Furacão

Jogando no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), o Flamengo confirmou a vantagem de 1 a 0 obtida no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Athletico-PR e saiu com a classificação para as quartas de final. Com dois gols de Pedro e um de Michael, o Rubro-Negro carioca venceu por 3 a 2 e carimbou a vaga; Erick e Bissoli descontaram para o Furacão. Ainda não se sabe qual será o adversário da equipe na fase seguinte, visto que o sorteio acontecerá na próxima sexta-feira (6).

Jorge Rodrigues/AGIF

O jogo

Os primeiros minutos foram de bastante estudo no Maracanã, com o Flamengo no controle da posse de bola, mas finalizando pouco – o primeiro chute a gol saiu aos 14, em tentativa de Thiago Maia de fora da área defendida por Santos. Aos 23, no entanto, o placar foi inaugurado na primeira chegada incisiva do time carioca: Pedro recebeu na área, teve tempo para dominar, girar e acertar o ângulo. Três minutos depois, o Athletico teve um pênalti a seu favor invalidado após revisão da arbitragem de vídeo.

Porém, passado o susto, o Fla retomou as rédeas e chegou ao segundo gol aos 33 minutos, novamente com Pedro – desta vez, ele recebeu cruzamento rasteiro de Matheuzinho e tocou para a rede. Apesar da desvantagem, o Furacão tentou correr atrás e conseguiu diminuir em um lindo chute de fora da área de Erick, aos 40. Logo na sequência, Carlos Eduardo quase empatou, mas a bola subiu. A equipe da casa respondeu com Pedro, que arriscou toque por cobertura e parou em Santos.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro: com duelo individual de Pedro e Santos – o goleiro do Athletico evitou o gol do atacante aos três minutos. Aos 14, o Furacão reagiu em cabeçada de Thiago Heleno, que obrigou Hugo Souza a fazer boa defesa. Aos 22, foi Carlos Eduardo quem exigiu o arqueiro do Fla. Thiago Maia chegou a ampliar para o time carioca com um belo chute de longe, mas a arbitragem anulou o lance por impedimento de Isla na origem da jogada. Só que Michael conseguiu concretizar o terceiro gol aos 38, aproveitando rebote em finalização de Bruno Henrique. Ainda houve margem para Bissoli diminuir novamente para a equipe visitante após pegar sobra de bola na grande área e encher o pé, aos 42. Porém, a reação não foi suficiente para evitar a classificação dos mandantes.

Timão abre o placar com Fagner, mas Rodolfo empata no fim e coloca o Coelho nas quartas de final da Copa do Brasil 2020.

O América-MG está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (4), no Independência, o Coelho viu o Corinthians abrir o placar com Fagner, de pênalti. Só que, também em uma penalidade, Rodolfo empatou o jogo em 1 a 1 e colocou os mineiros na próxima fase da competição. Como havia vencido por 1 a 0 em São Paulo, a igualdade bastou ao Coelho em Belo Horizonte.

O adversário do América-MG será conhecido na sexta-feira (6), em sorteio na sede da CBF.

Fernando Moreno/AGIF

O jogo

Mesmo com a vantagem no placar agregado, o Coelho pressionou o Corinthians e teve diversas chances de ampliar a vantagem ainda na etapa inicial. O placar ficou zerado muito em função do goleiro Cássio, que interveio com pelo menos duas grandes defesas. No fim, o Timão ainda teve uma oportunidade com Jô, mas o atacante chutou para fora após rebote na área.

Logo na volta do intervalo, aos 10 minutos, Davó invadiu a área e foi derrubado por Anderson Jesus. Pênalti para o Corinthians. Na cobrança, Fagner marcou e abriu o placar. Depois disso, o duelo no Independência ficou em aberto, com o Timão indo para cima e o Coelho se postando para o contra-ataque. Até que, no minuto 35, Lucas Piton tocou a mão na bola dentro da área. Pênalti para o América-MG. Rodolfo foi para cobrança, encheu o pé e deu a classificação para o Coelho às quartas de final.

O Timão ainda teve chance aos 49, no último minuto, com Gabriel. Mas o volante, que tentou duas vezes, parou no goleiro Matheus Cavichioli.

Foto: Jorge Rodrigues/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email