Renault pede desculpas a Ocon

Renault pede desculpas a Ocon

A Renault celebrou seu segundo pódio em três corridas no Grande Prêmio da Emilia Romagna. Mas, assim como no Grande Prêmio da Eifel, foi Daniel Ricciardo quem borrifou o champanhe, enquanto o companheiro de equipe Esteban Ocon ficou pensando em outra desistência, ao se retirar da corrida com suspeita de problema na transmissão.

A volta 29 do Grande Prêmio da Emilia Romagna viu Ocon – que se qualificou em 12º depois de não conseguir sair do Q2 pela segunda corrida seguida – parando para o lado da pista e abandonando seu Renault RS20 com um problema na caixa de câmbio.

O abandono involuntariamente mudou a forma do Grand Prix, com o subsequente Virtual Safety Car permitindo a Lewis Hamilton, da Mercedes, um pit stop vantajoso que semeou a nona vitória da temporada.

Ocon, no entanto – que foi forçado a ir no box no início da corrida depois que uma viseira rasgou em um de seus dutos de freio – estava provavelmente mais preocupado com seu terceiro abandono mecânica em cinco corridas, com o chefe da equipe Renault Cyril Abiteboul sofrendo para fazer as pazes com seu piloto após a corrida.

“Gostaria de [pedir desculpas] a Esteban, pois foi mais um abandono por um problema técnico”, disse Abiteboul. “Ele não estava muito longe [na qualificação] e teve um início decente para estar no meio, apesar da parada precoce para remover o rasgão de seus dutos.

“Ele então sofreu de um problema que causou alguns problemas com sua caixa de câmbio e ele teve que abandonar. É uma pena, pois Daniel mostrou que quando o carro está funcionando há ritmo e competitividade”.

Ocon já sofreu quatro abandonos mecânicos contra 1 de Ricciardo nesta temporada, explicando em parte porque Ricciardo – que terminou o Grande Prêmio da Emilia Romagna atrás da Mercedes de Hamilton e Valtteri Bottas em terceiro lugar – tem 95 pontos e está em quarto lugar na classificação dos pilotos frente aos 40 pontos do 12º colocado Ocon.

Mas Ocon estava preocupado com a equipe o suficiente para elogiar o segundo pódio de Ricciardo na campanha, que ajudou a levar a Renault para a P3 na classificação de construtores , um ponto à frente de Racing Point e McLaren.

“No geral foi um fim de semana difícil, com uma sucessão de azar”, disse Ocon. “Tivemos alguns problemas esta tarde. Tivemos um rasgo no duto do freio, o que significa que paramos cedo para tirá-lo e então tivemos um problema na caixa de câmbio”.

“No entanto, estou muito feliz pela equipe hoje por este pódio novamente, muito bem para o Daniel”, acrescentou. “Estamos chegando com força e isso é um bom presságio para o resto da temporada e meses que virão. Agora estamos em terceiro no campeonato; sabíamos que é por isso que lutamos, por isso é bom terminar o fim de semana assim”.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email