Brasileirão Sub-20: Internacional e Vasco vencem pela décima rodada

Brasileirão Sub-20: Internacional e Vasco vencem pela décima rodada

Colorado ganhou clássico contra o Grêmio, e o Gigante da Colina virou diante do Bahia. Em outra partida, Ceará e Athletico-PR empataram em 3 a 3.

Nesta quinta-feira (5), mais três duelos foram realizados pela décima rodada do Brasileirão Sub-20. O Internacional venceu o clássico contra o Grêmio, e o Vasco virou diante do Bahia fora de casa para deixar a lanterna. Em outra partida do dia, Ceará e Athletico-PR fizeram um jogaço e empataram em 3 a 3. Confira os detalhes dos confrontos:

+ Veja a tabela completa do Brasileirão Sub-20

Internacional 2 x 1 Grêmio

No clássico gaúcho disputado na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada (RS), quem levou a melhor foi o Internacional ao vencer o Grêmio por 2 a 1. Desde o início do confronto, o Colorado partiu para o ataque – e abriu o placar aos 14 minutos, quando Igor arriscou de fora da área, contou com desvio de Bitello e marcou. O Inter teve um pênalti a seu favor assinalado aos 34, depois de toque de mão de Lucão em chute de Caio Vidal. Na cobrança, Pedrinho tirou de Adriel e ampliou, no último lance perigoso da etapa inicial.

O segundo tempo viu um Grêmio tentando ser mais incisivo. Leo Fenga teve duas chances: a primeira, de cabeça, foi para fora. Depois, aos 14, o gol chegou a sair, mas foi anulado pela arbitragem. Adriel salvou o Tricolor em cabeceios de Caio Vidal e João em dois lances seguidos. Aos 24, Sarará respondeu em chute de longe que passou rente ao travessão. O ímpeto gremista poderia ter sido abalado após a expulsão de Bitello, que cometeu falta dura em Leo Borges aos 29 e levou vermelho direto. Ainda assim, Leo Fenga diminuiu o placar em finalização rasteira aos 36. Apesar disso, a reação não foi suficiente para mudar a história da partida.

O Internacional ganhou quatro posições com o resultado positivo e agora ocupa o sétimo lugar, com 15 pontos. O Grêmio foi uma das equipes ultrapassadas pelo Colorado e caiu para a 11ª colocação, com 12. 

Ceará 3 x 3 Athletico-PR

Ceará e Athletico-PR empataram em 3 a 3 pela décima rodada do Brasileiro Sub-20Ceará e Athletico-PR empataram em 3 a 3 pela décima rodada do Brasileiro Sub-20
Créditos: Pedro Chaves/Ceará SC

Na Cidade Vozão, em Itaitinga (CE), o Ceará empatou com o Athletico-PR por 3 a 3 em um excelente jogo. O time da casa acertou o poste logo aos três com Nailton; até os 25 minutos iniciais, o panorama era de amplo domínio dos cearenses. Depois disso, o Furacão buscou o ataque sob a batuta de Vinícius Mingotti, que teve três grandes chances de marcar na etapa inicial – uma foi defendida por Leonardo Linck, outra carimbou a trave; a terceira, por cobertura, passou por cima. No entanto, foram os Alvinegros que abriram o placar aos 39, em chute com efeito de Pablo dentro da área.

O Athletico tentou atacar mais na etapa final e teve um pênalti marcado aos 19, após toque de mão de Nailton. Na cobrança, Rômulo bateu com categoria e igualou o marcador. Sete minutos depois, Yago Mariano recebeu livre na grande área e recolocou o Vozão na frente. Porém, a alegria do time da casa durou pouco, e o Furacão virou com dois gols em sequência de Julimar. Aos 35, ele aproveitou desvio em escanteio, saiu sozinho na pequena área e empatou. Na jogada seguinte, aos 36, completou cruzamento em posição parecida e também balançou a rede. Ainda assim, o Ceará buscou forças para empatar aos 44, em um lindo sem-pulo de Herbeth, que tocou no travessão antes de entrar, selando o resultado.

O empate coloca o Athletico Paranaense na quinta posição, com 17 pontos. O Ceará subiu duas colocações e agora é o 15º, com 11. 

Bahia 1 x 2 Vasco

No CE Praia do Forte, em Mata de São João (BA), o Vasco virou para cima do Bahia e conseguiu vitória importante por 2 a 1. O Esquadrão de Aço abriu o placar logo aos sete minutos, na primeira chance perigosa. Thiago recebeu na meia-lua após boa jogada de Gregory e bateu colocado no ângulo. O Tricolor voltou a ameaçar com Marcelo, que saiu cara a cara com o goleiro Cadu, mas finalizou mal. Porém, no lance seguinte, Arthur, da equipe carioca, aproveitou passe de MT e chutou rasteiro para empatar a partida, aos 18. Depois do começo movimentado, o confronto seguiu estudado até o intervalo, com poucas chances.

No primeiro minuto da etapa final, a zaga do Vasco salvou em cima da linha o que seria o segundo gol dos baianos. Por outro lado, os vascaínos não perdoaram e viraram aos cinco, mais uma vez com Arthur – agora, em belo chute da entrada da área. João Pedro e Menezes tiveram boas oportunidades de ampliar, mas não concretizaram. O Esquadrão tentou rondar o ataque dos visitantes, mas pouco ameaçou e ainda quase levou o terceiro aos 40; no entanto, a bola não entrou em três tentativas consecutivas.

O resultado tirou o Vasco da lanterna da competição; agora, a equipe ocupa a 18ª colocação, com 10 pontos. O Bahia vem logo atrás e está na 19ª posição, com nove.

São Paulo 2 x 0 Sport

O início do Tricolor foi bom, com mais posse de bola e chances de gol. A equipe paulista abriu o placar logo aos dez minutos em chute de Galeano, livre na grande área. O time da casa seguiu ameaçando e chegou com perigo por outras duas vezes antes dos 30. Apostando nos contra-ataques, o Sport assustou aos 35, em tentativa de Gustavo bem defendida por Arthur. Após escapar ileso, o São Paulo voltou ao ataque e Welington acertou a trave três minutos depois. Kevin até marcou novamente para o clube mandante, mas a arbitragem invalidou o lance devido a um toque no braço do jogador. Nada que desanimasse os são-paulinos: aos 43, Galeano recebeu na pequena área de Welington, que havia descolado bela jogada, e só tocou para fazer o 2 a 0. Na chegada seguinte, ele ainda poderia ter feito o seu hat-trick, mas desperdiçou cara a cara com o goleiro.

No segundo tempo, o São Paulo continuou tendo as melhores chances nos primeiros 15 minutos, com chute de Galeano por cima da trave e remate rasteiro de Pedrinho, obrigando Tulio a se esticar para defender. Aos 23, foi a vez de Marcos Júnior arriscar em cobrança de falta de muito longe, mas que passou rente ao gol do Leão. O Sport até tentou modificar o andamento do jogo com as alterações, mas pouco conseguiu fazer: as únicas boas oportunidades foram em finalização à queima-roupa de Pabulo defendida por Arthur e em bola de três dedos de Ítalo, ao lado da meta. Assim, o Tricolor manteve o resultado sem muitos sustos.

Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email