Procon Goiás retoma atendimento presencial por agendamento

Procon Goiás retoma atendimento presencial por agendamento

Por causa da pandemia, órgão estadual de defesa do consumidor ficou mais de três meses apenas com atendimento virtual. Interessados podem agendar pelos telefones 151 na capital, e (62) 3201-7124 na Região Metropolitana e interior.

Depois de mais de sete meses sem atendimento presencial devido à pandemia da Covid-19, o Procon Goiás voltou a receber o público na sede do órgão, que fica na Rua 8, Centro, em Goiânia. O atendimento presencial estava suspenso desde o último dia 17 de março.

Agora, quem quiser registrar uma queixa na sede do órgão terá de agendar pelo fone 151, para os moradores da capital; e (62) 3201-7124 na Região Metropolitana e interior. O atendimento é realizado das 8 às 15 h, de segunda a sexta-feira.

Para voltar a receber o público, os guichês foram adaptados, visando garantir a segurança e o distanciamento entre o atendente e o consumidor. Foi adotada a aferição de temperatura na entrada e o uso de máscara é obrigatório.

O superintendente regional do Procon Goiás, Allen Viana, esteve no estúdio do TBC2 nesta quinta-feira, 5, para falar sobre a atuação do órgão durante a pandemia e detalhar o retorno do atendimento presencial.

Allen disse aos apresentadores Danuza Azevedo e Guilherme Rigonato que, mesmo operando apenas com o atendimento virtual nos últimos meses, por meio da plataforma Procon Web (www.proconweb.ssp.go.gov.br), de janeiro a outubro deste ano foram registradas mais de 260 mil reclamações de denúncias de reclamações de consumidores.

Queixas

No período da pandemia, a partir de março último, os fluxos de queixas no Procon Goiás foram variados, de acordo com o superintendente. No início, em linhas gerais, as reclamações eram relacionadas a cancelamentos de pacotes de viagem, vindo em seguida mensalidades escolares e aulas extracurriculares de inglês, dança e música.

“Mas no todo, nada superou aquilo que já era uma prática comum, que são a telefonia e o fornecimento de energia e água, que continuam mantendo (grande número de queixas); e ainda o dilema de entrega de produtos danificados”, citou.

Ligações indesejadas

Allen informou que é possível bloquear aquelas ligações indesejadas recebidas pelos telefones fixo e celular. Segundo ele, por meio do Procon Web, e informando o seu CPF, a pessoa pode ter até três números de telefones vinculados para não ser perturbada. O Procon comunica a Anatel e, no prazo de até 30 dias, o cadastrado para de receber essas chamadas. Entretanto, lembrou que ligações de cobrança não são bloqueadas, pois são um direito do fornecedor.

O superintendente detalhou as medidas tomadas pelo órgão para garantir a segurança de consumidores e atendentes nessa retomada do atendimento presencial. E destacou a atuação do Procon Goiás na defesa dos direitos dos consumidores goianos.

Fonte: Governo de Goiás

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email