Esportes

Wolff é “sem dúvida o melhor”, diz Hamilton

A Mercedes conquistou o sétimo título consecutivo de construtores no Grande Prêmio da Emilia Romagna e, após a corrida, Lewis Hamilton elogiou o chefe da equipe do Silver Arrows, Toto Wolff, que supervisionou todos os sete títulos do campeonato.

Hamilton venceu seu companheiro de equipe Valtteri Bottas em Imola para garantir que a Mercedes selasse a vitória do título com mais 1-2. Questionado sobre se ficou surpreso com o fato de Wolff ter se recusado a se juntar a ele no pódio de Imola, Hamilton explicou que o impacto do chefe da equipe foi claro, mesmo que ele nem sempre esteja sob os holofotes.

“Ele não está tentando estar na frente de todas as fotos. Ele não está tentando reivindicar nada. Ele coloca a equipe em primeiro lugar. Acho que é … sem dúvida, ele é o melhor líder aqui. Não importa o que digam, ninguém fez um trabalho tão bom quanto ele”, disse Hamilton.

O craque britânico obteve a 93ª vitória recorde em Imola e está a caminho de conquistar o sétimo título do campeonato nesta temporada, igualando o recorde de Michael Schumacher. Todos os títulos de Hamilton, exceto um, foram conquistados pela equipe da Mercedes, e ele disse que Wolff é o “melhor chefe que você poderia ter”.

Ele disse: “Acho que é a sua mentalidade, o equilíbrio entre impulso, compaixão, compreensão e ego. Todos eles se unem para criar o melhor chefe que você poderia ter”.

“Cada pessoa na equipe, ninguém abaixo dele, e ele realmente se preocupa com o que todos estão fazendo: ‘como vão as coisas fora da pista?’, ‘Como vão as coisas em casa com sua família – há algo que possamos fazer então você pode ser melhor no escritório? ‘ Ele é um grande cara e me sinto privilegiado por tê-lo como nosso líder. Não teríamos sido capazes de fazer isso sem sua orientação”.

Em vez de Wolff, foi o engenheiro da Mercedes Leo Stevens quem teve o privilégio de borrifar champanhe com os três primeiros colocados no pódio em Imola, o que deixou Hamilton um tanto perplexo.

Grande Prêmio de F1 da Emilia Romagna
O mecânico da Mercedes, Leo Stevens, juntou-se a Hamilton, Valtteri Bottas e Daniel Ricciardo no pódio de Imola

“Achei que ele [Wolff] fosse [se juntar a nós no pódio], então fiquei um pouco surpreso”, disse Hamilton.

“Achei que era por isso que ele estava na frente. Muito raramente o vemos lá na frente e ele veio e deu uma entrevista, então pensei que ele estava vindo – mas acho que teria sido bom para ele estar lá conosco, acho que é uma exibição real de um líder”, concluiu.

O próximo é o Grande Prêmio da Turquia, onde Hamilton pode selar o sétimo título mundial.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo