Itaipu vai investir R$ 5 milhões na segurança pública de Mato Grosso do Sul

Itaipu vai investir R$ 5 milhões na segurança pública de Mato Grosso do Sul

O conselheiro da Itaipu, Carlos Marun, apresentou esta semana ao Governo do Estado os projetos elaborados pela Segurança de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul e que foram aprovados e vão receber mais de R$ 5 milhões em investimentos.

Na quinta-feira (12), Marun participou de uma reunião com o governador Reinaldo Azambuja e com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, para comunicar a aprovação dos recursos. “A Itaipu destina parte do seu orçamento a iniciativas de desenvolvimento econômico, social e com viés muito forte em relação a segurança em regiões próximas a localização da usina”, explica o conselheiro.

Conforme Marum, a implantação da Rota Bioceânica, corredor rodoviário com extensão de 2.396 quilômetros, que vai ligar o Brasil ao Chile passando por Paraguai e Argentina e que abre nova rota para exportações de produtos, foi fundamental para a aprovação do projeto. “Existem recursos em Itaipu que permitem o aporte de recursos em situações como a implantação da Rota Bioceânica, e nós apresentamos alguns projetos na área de segurança focados especificamente no Cone Sul e a Itaipu aprovou e está destinando cerca de R$ 5 milhões ao Estado para investimentos que vão para praticamente todas as forças de segurança”.

Dos recursos destinados pela Itaipu para a segurança pública de Mato Grosso do Sul, R$ 260 mil serão utilizados para a reforma da base do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) em Mundo Novo, R$ 1,2 milhão vão para a ampliação e reforma da base operacional da Polícia Militar Rodoviária em Amambai, mais de R$ 2 milhões para a construção das instalações do Grupamento de Bombeiros Militares de Mundo Novo e quase R$ 1,5 milhão para a construção da nova Delegacia da Polícia Civil em Mundo Novo.

O secretário de Justiça e Segurança Pública considera estratégicos os investimentos nas unidades localizadas na fronteira com o Paraguai e divisa com o estado do Paraná. “Esses recursos auxiliam não só Mato Grosso do Sul, como o Paraná, outros estados brasileiros e até os países vizinhos, uma vez que grande parte do tráfico interestadual e internacional de drogas passa aqui pelo estado, prova disso são as apreensões que realizamos neste ano, que já ultrapassam 570 toneladas de drogas”, afirma Videira.

Nesta sexta-feira (13), Carlos Marun se reuniu novamente com o secretário de Justiça e Segurança Pública para discutir novos projetos de segurança pública que serão levados ao Conselho da Itaipu Binacional. “Nós queremos continuar atuando no sentido que Itaipu participe da vida sul-mato-grossense, inclusive na questão da segurança pública e vamos buscar um apoio mais significativo, principalmente para o DOF”, finaliza Marun.

Fonte: Governo do Mato Grosso do Sul

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email