No encerramento da 12ª rodada da Série D, Santos-AP vence o Sinop-MT

No encerramento da 12ª rodada da Série D, Santos-AP vence o Sinop-MT

Em jogo no Zerão, Luciano fez os três da vitória por 3 a 0 do Peixe da Amazônia, que permanece na briga por vaga na próxima fase.

No jogo que encerrou a 12ª rodada da Série D do Brasileirão, o Santos-AP recebeu o Sinop-MT no estádio Zerão, em Macapá (AP), e venceu por 3 a 0. Os três gols do confronto realizado nesta terça-feira (17) foram marcados por Luciano, com assistências de Batata. Com o resultado, o Peixe da Amazônia chegou aos 11 pontos e ocupa a sétima posição no Grupo A-2 da competição, com uma partida a menos que os rivais. O Galo tem seis pontos e é o lanterna. Veja como aconteceu o duelo:

+ Confira a tabela completa da Série D!

O jogo

A primeira finalização da partida foi do Sinop aos três minutos, mas não assustou. Aos cinco, no entanto, o Santos-AP foi ao ataque e teve grande chance. Em cobrança de escanteio, Luciano apareceu sozinho na pequena área, mas não conseguiu finalizar como gostaria e o goleiro Mayson fez a defesa em cima da linha. O Peixe da Amazônia seguiu na pressão: aos dez, Mateus Rebé saiu na cara do gol após arrancar em velocidade, tentou tirar do arqueiro e mandou ao lado.

Aos poucos, a equipe mato-grossense igualou as ações, mas os amapaenses chegaram de novo e abriram o placar: aos 34, Batata recebeu na esquerda e cruzou na medida para Luciano, que completou na pequena área e balançou a rede. O time da casa ampliou aos 40, em um lance muito parecido com o anterior: cruzamento de Batata pelo lado esquerdo e toque de Luciano entre a zaga para marcar. O Santos quase fez mais um antes do intervalo, mas Mayson evitou finalização de Fabinho após bobeada da defesa.

Mesmo com a vantagem, o Peixe continuou em cima na etapa final e teve gol anulado aos sete minutos por impedimento. Aos 22, Luciano tentou o hat-trick em chute de fora da área, mas mandou pelo alto. Porém, no lance seguinte, não teve jeito: aos 25, mais um cruzamento certeiro de Batata encontrou o atacante, que encobriu Mayson e correu para o abraço. Matheus Costa buscou o quarto em cobrança de falta aos 33, mas a bola passou por todo mundo e saiu. O time da casa seguiu com o ímpeto e poderia ter feito mais; no entanto, não foi o que aconteceu. No último minuto, Fabinho, do Santos, ainda levou o vermelho por reclamação.

Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email