News

Programa Coopera Goiás vai fortalecer o cooperativismo goiano

“Cooperativismo tem maior capacidade de aglutinação em prol do bem comum”, diz Caiado no lançamento do programa  que prevê ações para fortalecer cenário cooperativista e gerar emprego e renda no Estado. Iniciativa envolve secretarias da Retomada e da Agricultura, UEG e Juceg.

O governador Ronaldo Caiado, acompanhado da primeira-dama e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, Gracinha Caiado, lançou nesta terça-feira (1º/12) o Programa Coopera Goiás. Caiado destacou que a iniciativa, realizada em parceria com e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Goiás (OCB/GO), prevê ações para o fortalecimento do cenário cooperativista goiano, além de alavancar a retomada da economia, gerar emprego e renda no Estado.

Segundo o governador, o cooperativismo tem “maior capacidade de aglutinação das pessoas em prol do bem comum”. “O que faz com que haja, junto ao cooperativismo, um processo que você exalta também a solidariedade, as ações conjuntas, para que o cidadão seja o beneficiário final”, destacou Caiado durante o lançamento do programa, que ocorreu na sede da OCB/GO, em Goiânia.

Caiado também ressaltou a importância de fortalecer a cultura da cooperação entre as secretarias, agências, autarquias do Estado, e da união com todos os segmentos da sociedade para enfrentar os desafios pós-pandemia.

Atendendo uma solicitação do presidente da OCB-GO, Luís Alberto Pereira, o governador garantiu que vai realizar uma série de reuniões com os prefeitos goianos no sentido de estimular a criação de novas cooperativas. “O sentimento é de aglutinar essas forças, as cabeças pensantes, as experiências já existentes para multiplicarmos ela com um potencial enorme de enfrentar esse desemprego que virá pela frente”.

Presidente da OCB-GO, Luís Alberto Pereira, garantiu ao governador que o cooperativismo está pronto para ser parceiro do Estado na retomada do emprego, da renda e na geração de desenvolvimento. “Nesse momento de dificuldades sanitária e de saúde, precisamos nos unir, e o cooperativismo sabe se unir com outras pessoas como ninguém, e também sabe se unir para gerar emprego e renda”, disse.

A parceria entre Governo de Goiás e OCB/GO vem sendo estreitada desde agosto deste ano. Por meio da Secretaria da Retomada, a atual gestão têm promovido diversas ações conjuntas, como o compartilhamento de informações e de bancos de dados de cooperativas, análise e assessoria de atos constitutivos de cooperativas, estímulo ao registro e observância à legalidade dos atos, realização de palestras e visitas técnicas conjuntas, promoção de intercâmbios e realização de benchmarking.

“Quem está junto em uma cooperativa tem mais proteção e força para enfrentar esse problema que o mercado sofreu”, disse o titular da Secretaria da Retomada, César Moura, ao falar da pandemia da Covid-19. Sobre a criação Coopera Goiás, ele ressaltou que a ideia é “protegê-los desse momento atual e fortalecer para qualquer problema que tenha no futuro”.

Uma das ações previstas no programa, que também conta com a parceria da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), é oferecer para as cooperativas goianas cursos com foco em cooperativismo, qualificação profissional e apoio ao mercado. Além disso, poderão utilizar as assessorias para suporte à gestão e governança.

Parceria entre a Secretaria da Retomada, Universidade Estadual de Goiás (UEG) e OCB/GO também vai disponibilizar os Colégios Tecnológicos (Cotecs), localizados nas unidades da UEG no interior do Estado, para sediarem cursos ligados ao cooperativismo e ao estímulo aos arranjos produtivos locais (APLs). O foco é o fortalecimento da economia local. Também foi anunciada a criação de uma pós-graduação em cooperativismo, a partir da parceria entre as três entidades.

Na solenidade desta terça-feira, ainda foi assinado convênio entre a Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) e OCB/GO. O acordo prevê a cooperação mútua, com recursos humanos, técnicos e materiais entre as partes, de forma que possam atuar com sinergia e como instrumentos de estímulo, fomento e apoio às cooperativas goianas.

Rivael Aguiar, presidente da GoiásFomento, destacou, também, que o Governo de Goiás está em constante debate com as cooperativas de crédito para que exista o compartilhamento de tecnologia e de processos. “Agora pretendemos avançar com o repasse de recursos para as cooperativas”, disse.

Participaram do evento o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto; o reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Valter Gomes Campos; a diretora-geral da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), Adryanna Caiado; os presidentes Euclides Barbo (Junta Comercial do Estado de Goiás – Juceg), Edwal Portilho, o Chequinho (Associação Pró-Desenvolvimento Industrial de Goiás – Adial) e Rubens Fileti (Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás – Acieg).

E ainda, o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia e Região Metropolitana (Codese), Carlos Alberto de Paula Moura Júnior; o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), André Rocha e o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto), Márcio Martins, representando a Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio).

Fonte: Secom-GO

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo