Esportes

Gabi Nunes: da recuperação de lesões ao gol do título do Brasileirão Feminino A-1

Depois de três lesões consecutivas nos joelhos, atacante Gabi Nunes marcou um dos gols que levou a taça de campeão do Brasileirão Feminino A-1 ao Cortinthians.

Se o sonho de Gabi Nunes era terminar o ano de 2020 sem lesões, a atacante tem muito mais motivos para comemorar. Vindo de uma sequência de três lesões consecutivas nos joelhos, a camisa 11 se redimiu ao balançara a rede pela primeira vez no campeonato nacional na vitória de 4 a 2 diante do Avaí/Kindermann, que trouxe a taça de campeão do Brasileirão Feminino A-1 ao Corinthians.

Desde 2017, Gabi concilia sua carreira com lesões. A última vez em que rompeu o ligamento no joelho, em 2019, a atacante ficou quase um ano sem jogar. Ela voltou a ser relacionada na última partida do Timão, antes da paralisação dos campeonatos por conta da pandemia de COVID-19, diante do São Paulo, mas não entrou. Sua reestreia aos gramados se deu na vitória por 2 a 0 diante da Ferroviária, em agosto deste ano. Para Gabi, o gol na final do Brasileirão da elite do futebol feminino significou muito mais do que apenas um número.

“É persistência. Eu lutei muito e tiveram momentos em que até pensei em desistir. É difícil, quem já passou por uma lesão de joelho sabe, mas graças à Deus estou curada. Estou muito feliz que pude não só jogar a final como também fazer um gol. Isso é o que importa. É sair feliz”, explica.

Atacante com ar de artilheira, Gabi sempre foi peça importante para o Corinthians. Na temporada do ano passado, mesmo encerrando sua participação antes do final do campeonato nacional, a camisa 11 marcou 14 gols nos 20 jogos em que esteve presente. O tento desta final foi a primeira vez dela em 2020 pelo Timão no Brasileirão. Emocionada, Gabi dedicou seu gol a todas as pessoas que a apoiaram durante os momentos de recuperação.

“Eu só tenho que agradecer à Deus, à minha família e às pessoas que torcem por mim. Tem muita gente por trás orando por mim. Esse gol foi também para todas as meninas que não puderam estar presentes na final e sei que estão tristes. Essa vitória foi por elas também. Lutamos muito por elas. Eu fiquei sem marcar gol nesse campeonato, mas Deus me honrou na final e agora é só comemorar”, afirma.

Gabi Nunes marca o primeiro gol do título do Corinthians na final do Campeonato Brasileiro Feminino A-1
Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo