Esportes

Série B: Chapecoense e CSA triunfam fora de casa pela 27ª rodada

Compartilhar

Chape venceu o Avaí e segue firme na ponta da tabela, enquanto o Azulão goleou o Confiança e se aproximou do G-4. Outros dois jogos terminaram empatados.

A bola seguiu rolando pela Série B, na noite desta terça-feira (8), e mais quatro jogos movimentaram a 27ª rodada. Destaque para as vitórias de Chapecoense e CSA. Líder da competição, a Chape venceu o Avaí, na Ressacada, por 2 a 0. Também atuando fora de casa, o Azulão goleou o Confiança por 5 a 1. Já Cuiabá e Vitória protagonizaram um empate eletrizante em 3 a 3. Enquanto CRB e Cruzeiro não saíram do 0 a 0. Veja como foi:

+Confira a tabela da Série B!

Avaí 0 x 2 Chapecoense
A Chape não quis saber se o jogo era fora e tomou conta das ações no primeiro tempo. Aos dois, Anselmo Ramon apresentou o cartão de visitas do Verdão. Na sequência, Paulinho Moccelin e Mike também arriscaram. E, aos dez, Moccelin teve nova oportunidade em cobrança de falta e dessa vez não perdoou: 1 a 0. Placar aberto, os visitantes seguiram com o domínio da partida. Paulinho Moccelin, aos 25, quase marcou mais um, mas viu Alan Costa salvar o Avaí em cima da linha. Aos poucos, o Leão começou a aparecer mais no ataque e teve a melhor chance, aos 33, em finalização de Rômulo. Na volta do intervalo, o jogo ganhou em equilíbrio. Rômulo e Valdívia tentaram para o time da casa. Enquanto Anselmo Ramon e Alan Ruschel assustaram para a Chape. Já aos 30, o Avaí por pouco não anotou um golaço em chute de longe de Gastón Rodriguez. Mas foi mais uma vez o Verdão que voltou a marcar. Moccelin, aos 36, deixou Roberto na boa para sacramentar a vitória dos visitantes. 

Com o triunfo fora de casa, a Chape se mantém no topo da tabela, com 54 pontos, quatro mais que o vice-líder América-MG. Enquanto o Leão tem 37 pontos e caiu para a décima posição.

Confiança 1 x 5 CSA
O Confiança até chegou com mais perigo no início do jogo, mas foi o CSA que abriu a contagem no Batistão. Cedric, aos 15, apareceu pelo meio, saiu em velocidade e tocou na saída do goleiro: 1 a 0. Os visitantes tiveram mais duas chances em sequência com Paulo Sérgio. Mas foi com Andrigo que saiu o segundo. O meia recebeu ótimo lançamento de Geovane, dominou e bateu bonito para o fundo das redes, aos 32. Cinco minutos depois, o Dragão diminuiu com Nirley, após cruzamento de Guilherme Castilho: 2 a 1. Se na etapa inicial Paulo Sérgio ficou no quase, no segundo tempo o atacante não precisou de um minuto para fazer o terceiro do Azulão. Tentando se recuperar na partida, o Confiança foi para cima e chegou com perigo em finalizações seguidas de Nirley e Ari Moura, ambas explodiram no poste. Mas foi novamente o CSA que voltou marcar. Aos 34 minutos, Rafael Bilu recebeu ótimo lançamento de Cedric para anotar o quarto. E, nos acréscimos, Pedro Lucas fez mais um para a equipe alagoana e deu números finais ao confronto. 

A goleada fora de casa deixa o CSA na sexta posição, com 41 pontos e a três do G-4. Já o Confiança aparece na nona colocação, com 39 pontos. 

CRB 0 x 0 Cruzeiro
O jogo começou truncado no Rei Pelé. O CRB tentava pelo alto, enquanto a Raposa optava pelos chutes de média distância. Já na marca dos 26, o Galo chegou em boa troca de passes, primeiro Luiz Paulo parou em Fábio, e, no rebote, Bill com o gol livre mandou para fora. A resposta do Cruzeiro veio com Arthur Caíke, aos 32, e com Jadsom Silva, aos 40. Mas nada de gols antes do intervalo. No segundo tempo, o cenário do jogo não mudou nem o placar. E o 0 a 0 se manteve até o apito final. 

Com o resultado, o CRB chegou aos 34 pontos e subiu para o 12º lugar. Já o Cruzeiro tem 35 e se mantém na 11ª posição. 

Cuiabá 3 x 3 Vitória 
As equipes não criaram muitas chances no início do jogo, mas foram efetivas no ataque. Na primeira boa oportunidade, o Dourado abriu o placar na Arena Pantanal. Aos 12, em contra-ataque fatal, Maxwell apareceu na direita e cruzou para Rafael Gava soltar o pé: 1 a 0. Mas a resposta rubro-negra veio rápido. Quatro minutos depois, Thiago Lopes fez bela jogada individual, tabelou com Vico e chegou para completar para o fundo das redes. Minutos antes do intervalo, o Rubro-Negro pressionou em busca da virada levando perigo em finalizações de Lucas Cândido, Jordy Caicedo e Rafael Carioca. Depois das conversas nos vestiários, o Vitória manteve o ritmo do final do primeiro tempo. Aos nove, Vico cobrou falta na área e Fernando Neto chegou no peixinho para fazer 2 a 1. A equipe baiana teve ótima chance para ampliar a vantagem aos 13, mas Vico cobrou pênalti para fora. Do outro lado, Elton teve a oportunidade do empate e não desperdiçou: 2 a 2. E o camisa 9 auriverde não parou por aí. Aos 23, Felipe Ferreira levantou a bola na segunda trave, Marcinho ajeitou e o atacante apareceu de novo para virar o jogo. Já aos 37, Thiago Lopes fez seu segundo na partida e deixou tudo igual para o Vitória mais uma vez: 3 a 3. 

A igualdade mantém o Dourado no G-4, com 44 pontos. Enquanto o Rubro-Negro tem 33 e é o 14º colocado. 

Foto: R.Pierre/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo