Esportes

Klopp faz críticas sobre demora do VAR após empate do Liverpool

Técnico admite ter dúvidas se o dispositivo é mesmo bom para o futebol.

O técnico do Liverpool, Juergen Klopp, disse não ter mais certeza de que o uso da tecnologia do VAR seja bom para o futebol, depois que a partida da Liga dos Campeões contra o Midtjylland foi interrompida três vezes no segundo tempo, causando longas paralisações.

A partida em Herning (Dinamarca), que terminou em 1 a 1, foi interrompida enquanto o VAR revisava o pênalti que levou ao empate do Midtjylland. Houve paralisações também para checagem um gol anulado para cada lado, por impedimento. 

Klopp concordou com as três decisões, mas manifestou preocupação com a quantidade de tempo que os jogadores têm de esperar em campo.

“Eu era uma das pessoas que dizia que o VAR é uma boa ideia. Não tenho certeza se diria isso de novo para ser honesto”, disse ele a repórteres. “Demora muito. Acho que no final das contas, as decisões foram certas, mas foi tão difícil que demorou três ou quatro minutos e estava frio para os rapazes.”

Com a liderança do Grupo D já garantida, Klopp fez oito mudanças na equipe, mas optou por manter o atacante Mohamed Salah no ataque e Fabinho na defesa. Salah marcou logo no começo seu 22º gol na Liga dos Campeões, ultrapassando Steven Gerrard como maior artilheiro do clube na competição.

“Jogador excepcional, jogador absolutamente excepcional”, disse Klopp. “Ele ajuda muito a equipe e aprecia a ajuda da equipe também”.

Foto: Reuters
Fonte: Agência Brasil

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo