fbpx
News

Indústrias têxteis mineiras recebem certificados do Proalminas

Compartilhar

Programa é exemplo de sucesso pela participação de todos os envolvidos.

Quarenta e uma indústrias têxteis mineiras receberam, na noite dessa quarta-feira (9/12), os certificados de participação no Programa Mineiro de Incentivo à Cultura do Algodão (Proalminas), desenvolvido pelo Governo de Minas por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). A cerimônia, virtual em decorrência da pandemia de covid-19, foi transmitida ao vivo pelo YouTube da Seapa.

A secretária de Agricultura, Ana Maria Valentini, lembrou que o programa está completando 18 anos e que deve ser considerado exemplo para Minas e o Brasil. “O Proalminas é um caso de sucesso, que precisamos avaliar bem e levar para outras cadeias produtivas. Creio que o fundamental para esse sucesso é a participação de todos os envolvidos. Quando cada um cumpre o seu papel, o resultado orgulha a todos”, disse.

O subsecretário de Política e Economia Agropecuária da Seapa, João Ricardo Albanez, destacou os resultados positivos da agropecuária mineira, apesar da pandemia, com aumento de 23% no Valor Bruto da Produção (VBP) e de 9% nas exportações até outubro. “O setor da cotonicultura está exportando um produto de qualidade. E a indústria, com o impacto que teve, está demonstrando toda a sua capacidade empreendedora. Estamos entregando os certificados para estas empresas que conseguiram manter todos os requisitos do programa em um ano tão difícil”, observou.

Também participaram da cerimônia o presidente da Fiemg e do Sindicato das Indústrias Têxteis de Malha de Minas Gerais (Sindimalhas-MG), Flávio Roscoe, o presidente do Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem de Minas Gerais (Sift-MG), Rogério Mascarenhas Cezarini, e p produtor e presidente da Associação Mineira dos Produtores de Algodão (Amipa), Daniel Bruxel.

Demanda

Criado em 2003, o Proalminas surgiu da demanda da cadeia, que previa o fechamento de indústrias, demissões e uma série de outras consequências em decorrência da “guerra fiscal” e perda de mercado que estava sendo imposta à indústria mineira pelos industriais do Ceará, São Paulo, Santa Catarina e de outros países.

Ao aderirem ao programa, as indústrias têxteis se comprometem a comprar uma cota do algodão de produtores mineiros e, em troca, recebem uma isenção sobre o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Por outro lado, o algodão, com Certificação de Origem e Qualidade concedida pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), entidade vinculada à Seapa, é adquirido dos produtores com um ágio de 7,85% sobre o valor praticado no mercado.

“O Proalminas traz uma série de benefícios para o Estado. Nós conseguimos manter o parque têxtil funcionando dentro de Minas Gerais, gerando empregos e trazendo tecnologias e o desenvolvimento desta indústria. Também são notórios os avanços para os produtores, com uma maior qualificação do nosso algodão, o aumento de produtividade e mais qualidade da fibra, agregando valor ao nosso produto”, detalha o superintendente de Inovação e Economia Agropecuária da Seapa, Carlos Eduardo Bovo.

Ele destaca, ainda, o avanço na busca pela sustentabilidade da cadeia produtiva do algodão, com investimento em tecnologias limpas – como o controle biológico de pragas e a utilização de uma agricultura de precisão – que reduz o uso de defensivos agrícolas. “É um trabalho muito importante e forte na linha ambiental, mas também traz um ganho social com os agricultores familiares, principalmente do Norte de Minas. Além dos resultados econômicos, tecnológicos e ambientais, o Proalminas ainda tem esse lado social, com a inclusão e sustentabilidade dos pequenos produtores”, complementa o superintendente. 

Confira a lista das indústrias que foram agraciadas com o certificado:

1. América Medical Ltda

 2. American Medical

 3. Carvalho e Pasqualini & Cia Ltda

 4. CCA Comércio e Industria de Produtos de Algodão Ltda

 5. Cia de Fiação e Tecidos Cedro e Cachoeira

 6. Cia de Fiação e Tecidos Santo Antônio

 7. Cia Fabril Mascarenhas

 8. Colortextil Participações Ltda

 9. Companhia Industrial Cataguases

 10. Companhia Manufatora de Tecidos de Algodão

 11. Companhia Tecidos Santanense

 12. Coteminas S/A

 13. Cristal Têxtil Industria e Comércio Ltda

 14. Designtex Comércio de Tecidos Ltda

 15. Dinâmica Tecidos Ltda

 16. Ematex Industrial e Comercial Têxtil Ltda

 17. Estamparia S/A

 18. Fábrica de Tecidos Santa Margarida

 19. Famotec – Fábrica Moderna de Tecidos Ltda

 20. FGM Fiação e Tecelagem Eireli ME

 21. Fiação e Tecelagem São Geraldo Ltda

 22. Fiação e Tecidos Santa Bárbara Ltda

 23. Fitedi Confecções S/A

 24. Flamatex

 25. Gleisson Azevedo e Silva

 26. Incomfral – Indústria e Comércio de Fraldas Ltda

 27. Industria Têxtil Nogueira Ltda

 28. Indústria Têxtil Novo Mundo Ltda

 29. Intextil 

30. Mc Têxtil Eireli

 31. Papi Têxtil Ltda

 32. Paraguaçu Têxtil Ltda

 33. Peripan Industrial Ltda

 34. S/A Fábrica de Tecidos São João Evangelista

35. São Joanense Têxtil Ltda

 36. Sertex Fiação e Tecelagem Ltda

 37. Souza e Cambos Confecções Ltda

 38. Stamp Lite Eireli

 39. Tear Têxtil Indústria e Comercio Ltda

 40. Tecelagem Minas Rey Ltda

 41. TextilNova Fiação Ltda

Fonte: Agência Minas

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »