News

Viveiro Municipal de Itajaí promove Feira de Mudas Nativas

O Viveiro Municipal de Itajaí realiza neste mês de dezembro mais uma edição da conhecida Feira de Doação de Mudas Nativas. A ação gratuita, coordenada pelo Instituto Itajaí Sustentável (INIS), ocorre na sede do Viveiro, na rua Osvaldo Bertemes, 144, bairro Fazenda. As doações serão feitas de segunda a quinta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e na sexta-feira, no horário das 8h às 12h e 13h às 16h.

Segundo o INIS, algumas das espécies disponíveis para doação são: pitanga preta, ameixa de Joinville, araçá amarelo, araçá pêra, bacupari, graviola e mulungu-do-litoral. Serão disponibilizadas até cinco mudas de árvores por família, que deve residir em Itajaí. Os interessados devem levar sua própria sacola reutilizável ou recipiente para carregar a muda.

O Instituto Itajaí Sustentável também destaca que medidas preventivas de saúde em decorrência da pandemia de coronavírus (COVID-19) são obrigatórias a todos os envolvidos na ação, como o uso de máscaras de proteção e álcool em gel, que estará disponível no local de distribuição das mudas.

Benefícios do plantio de árvores nativas
Quando plantadas em locais estratégicos, as árvores ajudam a bloquear o vento e a criar áreas de sombra, reduzindo a necessidade de resfriamento artificial de ambientes no verão. As plantas também protegem e auxiliam na reprodução de pássaros, abelhas e outros animais de extrema importância para a sustentabilidade do planeta. Seus frutos são fontes de alimento, sendo o plantio uma alternativa simples e benéfica para reverter os impactos ambientais causados pelo homem na natureza.

Conheça algumas características de espécies que estão disponíveis para doação na Feirinha do Viveiro Municipal:

– Pitanga preta: Árvore frutífera ideal para jardins, projetos paisagísticos e para arborização urbana. Seus frutos atraem e alimentam muitas espécies de pássaros. Plantio a pleno sol. Floresce durante os meses de agosto a novembro. Os frutos amadurecem de outubro a fevereiro.

– Ameixa de Joinville: Árvore frutífera de fácil cultivo, com crescimento moderado; floresce de dezembro a janeiro e frutifica de março a abril, com plantio a pleno sol. Os frutos arroxeados são deliciosos ao natural, sendo também utilizados em geleias.

– Mulungu-do-litoral: Árvore ornamental com espinhos, podendo ser empregada no paisagismo em geral. Possui flores de coloração vermelha muito atrativa para os beija-flores. Possui rápido crescimento, florescendo de junho a setembro.

Informações adicionais:
Instituto Itajaí Sustentável
(47) 3349-7255

Créditos: Marcos Porto / Secom Itajaí

Fonte: itajai.sc.gov.br


SEU APOIO VOLUNTARIO É MUITO IMPORTANTE!
Sua assinatura não somente ajudará no fornecerá notícias precisas, mas também contribuirá para o crescimento do bom jornalismo que ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras.

Tornando-se assinante Prêmio!

Através do link abaixo você obtém 25% de desconto, também contribuirá com ações voltadas a proteção de animais em situações de abandono, e vítimas de maus tratos. Acesse o link ou escaneie o QRcode o abaixo e obtenha o desconto promocional e contribua com a causa animal!

Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

LINK ASSINATURA ANUAL PAGAMENTO ÚNICO

Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo