Esportes

Fluminense vence o Athletico-PR no primeiro jogo da final do Brasileiro Sub-17

Jogando em casa, equipe carioca ganhou por 2 a 1 e saiu na frente na disputa pelo título da competição

A largada foi dada para a decisão do Brasileirão Sub-17 – e o Fluminense saiu na frente na disputa pelo título. Nesta segunda-feira (14), a equipe carioca enfrentou o Athletico-PR no estádio Luso Brasileiro e venceu por 2 a 1. Kayky e Joilson marcaram os gols do Tricolor no Rio de Janeiro (RJ), enquanto Pertile descontou para o Furacão.

Com isso, o Flu tem a vantagem do empate para a partida de volta, que será realizada na próxima segunda-feira (21), na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Confira os detalhes do primeiro confronto:

+ Veja o chaveamento do Brasileiro Sub-17

O jogo

A primeira etapa começou morna no Luso Brasileiro, e os times pouco criaram nos minutos iniciais. O primeiro bom lance saiu aos 35 minutos, em chute de Jader bem defendido por Cayo Felipe, goleiro do Tricolor. A partir daí, a partida esquentou. Os cariocas responderam logo em seguida: Mycael deixou a bola escapar em cobrança de escanteio, mas Gustavo Lobo tentou concluir para a rede e teve o remate desviado.

O Furacão ainda teve boa chance com Vitor do Carmo aos 41, mas o atleta da equipe paranaense isolou a bola após sair na cara do gol. O Tricolor não perdoou: aos 45, Kayky fez bela jogada pelo meio-campo e soltou uma bomba de longe – o chute desviou na trave antes de entrar para abrir o placar, naquele que foi o último lance de perigo da etapa inicial.

A primeira chance do segundo tempo foi do Furacão, em chute de Emersonn que desviou e passou perto do gol do Fluminense. O Tricolor respondeu em oportunidade com Matheus Martins, mas Estigarribia tirou em cima da linha. No entanto, os cariocas não desperdiçaram no lance seguinte. Após cobrança de falta aos 13 minutos, Joilson aproveitou bate-rebate e tocou para a rede, ampliando o marcador. O Athletico, entretanto, não se abalou e diminuiu aos 17. Pertile, que havia acabado de entrar, chutou de fora da área e acertou o canto esquerdo.

O time carioca ainda poderia ter marcado o terceiro na reta final, em finalizações de Jefté, que parou em Mycael, e Alexander, que viu chute perigoso ser desviado. No entanto, o placar de 2 a 1 se manteve até o apito derradeiro do árbitro.

Foto: Thais Magalhães/CBF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo