ONGs superam dificuldades para manter ações solidárias durante pandemia

ONGs superam dificuldades para manter ações solidárias durante pandemia

Instituto que usa futebol como ferramenta para desenvolvimento social ficou em 1º lugar na categoria esporte do prêmio que reconhece melhores ONGs do país

O ano de 2020 tirou das organizações sociais algo que é tão fundamental para o trabalho delas: o contato. E, ao mesmo tempo, trouxe ainda mais famílias precisando de apoio. Foram meses de contrastes que aparecem nos números. Em abril e maio deste ano, mais de R$ 6 bilhões foram doados a ONGs brasileiras, de acordo com a ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recursos). Mas, ao longo dos meses, as arrecadações começaram a cair. Em junho e julho, por exemplo, as doações tiveram uma baixa de 90% em relação à média dos dois meses anteriores.

Nesse cenário desafiador, as campanhas precisaram se multiplicar para não deixar as famílias atendidas pelas ONGs desassistidas. Com 35 ações realizadas desde abril, o Instituto Futebol de Rua já alcançou mais de sete mil pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social, sendo reconhecido em primeiro lugar no Prêmio Melhores ONGs do Brasil 2020, na categoria esporte, pelos projetos e resultados alcançados ao longo deste ano. Foram mais de oito toneladas de alimentos arrecadados por meio das campanhas desenvolvidas pelo Instituto, além de 2.000 itens de higiene pessoal, 800 sopas, 1.110 lanches e 1.300 litros de leite distribuídos. Uma parceria com a Central Única das Favelas (CUFA) também permitiu a entrega de 330 chips de telefone, fundamentais em um momento de aulas remotas. 

Para  o fundador  do Instituto Futebol de Rua, Alceu Natal Neto, os resultados são uma conquista e a superação das dificuldades encontradas por causa da pandemia. “O ano de 2020 foi de desafio para todos. Primeiro e principalmente para as famílias que atendemos, que viveram uma realidade de dificuldades ainda maiores. Depois para nossa equipe, que precisou se reinventar para não deixar que esses jovens e crianças ficassem desassistidos. Terminar o ano com tantas pessoas beneficiadas pelas campanhas que fizemos é muito gratificante”, afirma. 

Melhores ONGs

Fundado em 2006, em Curitiba (PR), o Instituto Futebol de Rua utiliza o esporte como ferramenta para o desenvolvimento social, educacional e cultural de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. Por conta das atividades desenvolvidas ao longo dos meses, o Instituto foi reconhecido como uma das 100 melhores organizações do Brasil em 2020, pelo Prêmio Melhores ONGs, ficando em primeiro lugar na categoria esporte. O prêmio reconhece as boas práticas das ONGs em quesitos como governança, transparência, comunicação e financiamento. “Estar entre as melhores do país em um ano tão difícil é resultado de muita dedicação e amor de toda a nossa equipe de voluntários por cada criança e adolescente que participa do projeto”, diz Alceu. 

Sobre o Instituto Futebol de Rua

Criado em 2006, o Instituto Futebol de Rua é uma organização sem fins lucrativos que utiliza o esporte, a educação e a cultura como ferramentas para o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Presente em 12 estados, 22 cidades e com mais de dois mil beneficiários, o Instituto conta com metodologia exclusiva que alia aulas de formação humana ao futebol de rua.

RELEASE – Central Press



Clique AQUI NO LINK e adquira na Amazom.com – em E-book e Impresso

Print Friendly, PDF & Email