Fluminense volta a vencer o Athletico e conquista o Brasileiro Sub-17

Fluminense volta a vencer o Athletico e conquista o Brasileiro Sub-17

Após 2 a 1 no Rio de Janeiro, Tricolor repete o placar na Arena da Baixada e solta o grito de campeão Sub-17 em 2020.

O troféu do Campeonato Brasileiro Sub-17 vai para as Laranjeiras! Na tarde desta segunda-feira (21), o Fluminense fez outra grande exibição, voltou a vencer o Athletico por 2 a 1, desta vez na Arena da Baixada, e soltou o grito de campeão brasileiro Sub-17 em 2020. A equipe carioca fechou sua gloriosa participação no torneio com 12 vitórias e apenas três derrotas.

+Veja a campanha completa do Fluminense no Brasileiro Sub-17

O jogo

O que já era bom para o Flu ficou ainda melhor antes dos 10 minutos da etapa inicial. Isso porque o Tricolor, que venceu o jogo de ida por 2 a 1, abriu dois de vantagem sobre o Furacão na Arena da Baixada.

O primeiro gol aconteceu logo aos quatro minutos, quando Arthur recuperou bola na intermediária e acionou Matheus Martins. O atacante invadiu a área e bateu de direita para abrir o placar.

Depois, aos nove, Matheus Martins recebeu de João Neto, avançou em velocidade e cruzou na medida para Kayky. O atacante não deu bobeira e mandou para o fundo das redes: 2 a 0.

Aos poucos, o Furacão foi acordando na partida. Até que, aos 33, Jader dominou bonito na área e ajeitou para Renan, que chutou de primeira e fez o primeiro do Rubro-Negro.

E o duelo passou a ficar franco na etapa final. Na pressão, o Athletico acertou o travessão do Fluminense aos 22 minutos, em chute colocado de Juninho.

O Tricolor se mostrava perigoso e, em um contra-ataque aos 26 minutos, Matheus Martins recebeu na cara do gol, mas mandou para fora.

Depois, aos 30, Abner deu um lindo chapéu no defensor do Furacão e rolou para João Neto. O atacante girou e bateu para o gol. A bola passou raspando na trave.

Nos minutos finais, após confusão generalizada, João Gabriel, Vinícius Viana, Renan Viana, Vitor do Carmo e Ataíde foram expulsos pelo lado do Athletico. Já pelo Flu, Eduardo Gomes, João Neto, Metinho e Alexander levaram o vermelho. 

Mas, no fim, a tônica da decisão acabou sendo mesmo a comemoração dos jovens tricolores e a taça de campeão sendo erguida no gramado da Arena.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Fonte; CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email