Paraná: Mais de 250 mil alunos usam sistema inovador para correção de redações

Paraná: Mais de 250 mil alunos usam sistema inovador para correção de redações

Ferramenta usa Inteligência Artificial. Sistema é baseado em mais de 2,5 mil regras de linguagem, que faz análise de texto e sinaliza em tempo real os erros de gramática, ortografia, pontuação, contração, redundância, semântica e sintaxe.

O sistema Redação Paraná, que usa inteligência artificial para auxiliar alunos e professores na correção de redações, está sendo utilizado, desde 30 de novembro, por 255 mil estudantes da rede estadual, na fase piloto de implantação. Eles são alunos dos cerca de 2 mil professores de Língua Portuguesa em todo o Estado, para os quais a ferramenta já foi disponibilizada.

Os docentes participaram do curso Formadores em Ação, oferecido pela Secretaria da Educação e do Esporte do Paraná. Em 2021, a plataforma deve estar disponível para todos os estudantes e professores da rede.

Desenvolvida internamente pela Diretoria de Tecnologia e Educação da Secretaria, a ferramenta é um sistema dotado de inteligência artificial, baseado em mais de 2,5 mil regras de linguagem, que faz análise de texto e sinaliza em tempo real os erros de gramática, ortografia, pontuação, contração, redundância, semântica e sintaxe.

Além disso, há explicações sobre os erros cometidos, pontuação prévia para os textos e um mecanismo que evita o plágio, impedindo as opções copiar/colar.

A proposta do programa, portanto, é beneficiar tanto os estudantes, que poderão treinar a escrita e alcançar melhores resultados nas redações, quanto os professores, que poderão focar na argumentação e nas ideias do texto, devido à pré-correção rápida e otimizada feita pela ferramenta.

“Um aluno do 3º ano lamentou não poder mais usar a plataforma, já que está deixando a escola. Ele disse ‘professora, que legal. Fico feliz pelos alunos que virão’. Então, o retorno dos estudantes está sendo muito bom”, conta a professora Izabella Regina Passo Pimentel, do município de Tupãssi. “Os professores também gostaram bastante. Acharam que é algo que vai somar ao trabalho”.

Tânia Teresinha Aziliero Belló, técnica pedagógica que acompanha o desenvolvimento e o uso da plataforma pelos professores, aponta que a ferramenta trará benefícios para os estudantes que começarem a utilizá-la no Ensino Fundamental. “Quando eles chegarem ao Ensino Médio, vão entrar com uma outra visão de escrita, reescrita, leitura, melhoria de vocabulário e percepção do que está sendo escrito”, considera.

TREINO PARA PROCESSOS SELETIVOS — O Redação Paraná pode ser útil para os estudantes que desejam participar de processos seletivos que usam a redação como critério avaliativo. Eles têm autonomia para buscar propostas de redação na plataforma e praticar sozinhos a escrita, recebendo as correções instantaneamente.

“É uma ferramenta que permite que o professor proponha temas específicos para suas turmas e que o aluno navegue nos milhares de temas baseados no Enem e em concursos”, explica Gustavo Garbosa, diretor de Tecnologia e Inovação da Secretaria. “Nosso objetivo final é que o aluno tenha todos os instrumentos para aprender a fazer uma boa redação”, comenta.

PROJETO PILOTO — Ao longo do mês de novembro, a novidade esteve em fase de testes, sendo utilizada por aproximadamente 1.800 alunos e 75 professores dos Núcleos Regionais da Educação de Loanda e de Assis Chateaubriand. Em 30 de novembro, aconteceu a expansão para os 255 mil estudantes e 2 mil professores. A proposta é que, durante o ano letivo de 2021, o programa possa ser acessado pela totalidade dos professores e estudantes da rede estadual.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email