RO: Fomento rural facilita acesso ao trabalho e obtenção de renda a famílias em situação de vulnerabilidade social

RO: Fomento rural facilita acesso ao trabalho e obtenção de renda a famílias em situação de vulnerabilidade social

O Governo de Rondônia, através da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater) orienta famílias rurais inscritas no Programa de Fomento Rural do Ministério da Cidadania, executado em Rondônia pela Emater.

As orientações são feitas por técnicos da Autarquia. No município de Porto Velho o seu José Pereira dos Santos, morador no ramal Maravilha, é um desses empreendedores, beneficiário do programa de fomento. Ele se orgulha em dizer que recebeu o recurso de R$ 2.400 do Governo para implantação de uma horta, em sua chácara que tem área total de apenas um hectare. O montante é considerado uma quantia necessária para tirar uma família da condição de pobreza extrema, e conduzi-la a uma vida produtiva, financeiramente equilibrada, com restauração da autoestima e inclusão social. Esse valor tem ajudado centenas de famílias rondonienses, com renda per capita inferior a R$90, inseridas no Cadastro Único, para obtenção do Bolsa Família.

Na área de seu José, o projeto da horta foi elaborado pela extensionista social Júlia Costa Muniz de Souza e teve assistência técnica do extensionista rural Jossinei, ambos do escritório local da Emater em Porto Velho. Os extensionistas orientaram a construção dos canteiros, a produção de mudas e o manejo das culturas sem o uso de venenos, usando apenas adubos orgânicos.

O trabalho da extensão social restaura a autoestima e ajuda famílias rurais a acreditarem em seus sonhos

Atualmente a horta de seu José produz cheiro verde, alface, e pimenta de cheiro. Ele comenta que não falta comprador, sua produção que é pouca, mas mesmo assim está muito contente com a evolução de sua lavoura que já lhe rende um pouco mais de R$ 300 por semana.

A extensionista Vanessa Porto, responsável pelo programa em todo o Estado diz que há centenas de casos semelhantes nos municípios beneficiados pelo fomento. São pessoas que precisaram do programa para começar um negócio, e que superam as expectativas previstas no projeto.

Em alguns casos o objeto de investimento foi uma máquina de costura, que associada ao talento do empreendedor ou empreendera, resultou em um negócio de sucesso.

A finalidade do programa é a inclusão de famílias sem renda ou com pouca renda, em políticas sociais, resgatando a autoestima, dando condição de trabalho, geração de renda e o acesso a serviços básicos. “Neste fim de ano novas famílias estão sendo cadastradas para participar do programa de fomento rural. Comunidades ribeirinhas e da BR 319, estão entre os novos beneficiários”, disse a extensionista Julia Muniz, do Escritório local da Emater-RO  em Porto Velho.

Fonte: Governo de Rondônia

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email