Esportes

Com gol no fim, Vasco empata com o Bahia e conquista a Copa do Brasil Sub-20

Em jogo emocionante, Caio Eduardo marcou aos 48 do segundo tempo, decretou o empate em 3 a 3 e deu o título inédito aos cariocas, que haviam vencido por 2 a 1 na ida.

A Copa do Brasil Sub-20 tem um novo campeão – o Vasco! Neste domingo (3), os cariocas decidiram o título da competição contra o Bahia no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. Após abrir dois gols de vantagem, o Gigante da Colina levou a virada do Esquadrão de Aço, mas buscou o empate em 3 a 3 aos 48 do segundo tempo, com gol de Caio Eduardo. O resultado deu a taça aos mandantes, que haviam vencido a partida de ida por 2 a 1.

O Vasco foi campeão da competição sem ter sido derrotado. Nos oito jogos da equipe carioca na competição, foram seis vitórias e dois empates.

+ Relembre a campanha do Vasco na Copa do Brasil Sub-20!

O jogo

A primeira etapa começou equilibrada no Rio de Janeiro, com o Bahia levemente mais ofensivo. No entanto, o Vasco se lançou ao ataque e teve um gol anulado aos 12 minutos: Riquelme achou Gabriel Pec, que marcou, mas a bola desviou no braço de Caio Lopes antes da finalização. Depois do susto, o Esquadrão de Aço respondeu em chute de Daniel da entrada da área defendido por Cadu. Porém, o Gigante da Colina balançaria novamente a rede – desta vez, sem qualquer irregularidade. Aos 25, Gabriel Pec fez belíssima jogada, deixou a zaga do Tricolor para trás e tocou para Laranjeira, que só completou para a meta vazia.

Pec perdeu a chance de ampliar no lance seguinte ao finalizar fraco, mas o Vasco chegou lá aos 32 minutos. Lucimário tentou proteger bola para a saída do goleiro, mas Matías Galarza foi esperto, se antecipou e deu um toque para marcar. O time carioca ainda poderia ter feito mais um com MT, mas o remate do atacante saiu ao lado. Por sua vez, o Bahia não deixou sua oportunidade passar e diminuiu aos 46. Em cobrança de escanteio, Gabriel ganhou disputa com o arqueiro Cadu e cabeceou para a rede.

Depois de um início de segundo tempo estudado, o Bahia partiu para cima do Vasco. A primeira ameaça saiu aos 15 minutos, em bomba de Hiago defendida por Cadu. Nos lances seguintes, o Esquadrão teve melhor sorte. Aos 21, Thales recebeu na ponta esquerda e encontrou Douglas Borel, que chutou bem e empatou. Logo em seguida, aos 24, Marcelo aproveitou levantamento entre a zaga, dominou e bateu na saída do goleiro para virar o placar. Porém, os visitantes ficaram com um jogador a menos aos 28, quando Gabriel cometeu falta em Matías Galarza, impediu oportunidade clara de gol e levou o vermelho direto. A cobrança de Laranjeira passou perto.

Os cariocas levaram perigo em cabeceios de Caio Lopes e Marcos Dias e em finalização de Arthur. No entanto, Caio Eduardo, que havia acabado de entrar, foi o responsável por dar o título ao Vasco. Aos 48 minutos, ele disparou pela ponta esquerda, deixou os marcadores para trás e soltou uma bomba, sem chances para o goleiro – com o empate em 3 a 3, o Gigante da Colina levantou a taça.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo