Imetro-SC amplia serviços, supera metas e fecha 2020 com números expressivos

Imetro-SC amplia serviços, supera metas e fecha 2020 com números expressivos

O Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro-SC) encerra 2020 com superação de todas as metas estipuladas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). No balanço do ano da autarquia, há números expressivos no plano anual de trabalho, como a inspeção de mais de 40 mil cronotacógrafos e de 30 mil balanças, somadas as de precisão, rodoviárias e comerciais. Foram fiscalizadas 14.651 bombas medidoras de combustível, 493 restaurantes e 2.517 padarias, entre outras ações realizadas pelo Imetro ao longo do ano.

“Foi um ano desafiador para todos os catarinenses e assim também foi para o Imetro. Com profissionalismo e dedicação de todos os servidores, conseguimos superar todas as metas e encerrar 2020 com um balanço positivo”, resume o presidente da autarquia, Rudinei Floriano.

Durante a pandemia, os produtos utilizados na prevenção à Covid-19 receberam atenção especial do Imetro. A autarquia avaliou a qualidade de máscaras, óculos, luvas e álcool em gel, termômetros clínicos e os aparelhos de medir pressão (esfigmomanômetros).

No trabalho de aferição dos termômetros clínicos, as peças passaram por avaliação de qualidade no laboratório da sede do Imetro, em São José. Depois de aprovados, os equipamentos puderam entrar no mercado com a garantia de procedência e qualidade. Foram verificados e aprovados 66 mil termômetros clínicos.

Sistema GNV Seguro

O ano do Imetro também foi marcado por iniciativas inéditas. Uma delas foi a implantação do programa Sistema GNV Seguro, criado para evitar acidentes no abastecimento de veículos com instalação irregular e combater o uso de equipamentos clandestinos.

O programa permite identificação dos veículos regularizados com rapidez e praticidade, por meio da leitura do chip contido no Selo GNV, um documento certificado pelo Inmetro, que deve ser apresentado durante o abastecimento. O piloto do projeto foi apresentado em Florianópolis, e o sistema validado. Caso o sistema identifique irregularidade no selo, a bomba de abastecimento será bloqueada.

Ações em defesa do consumidor

Graças à fiscalização em postos de combustíveis, o Imetro conseguiu identificar fraudes e adulterações em equipamentos. Em uma dessas ações, em Porto Belo, foram flagradas 18 bombas adulteradas em um único estabelecimento. A operação foi realizada em conjunto com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Ampliação dos serviços de segurança de cargas perigosas

Para atender com mais eficiência as demandas de empresas relacionadas às cargas perigosas em Santa Catarina, o Imetro está implantando dois novos postos de verificação de caminhões-tanque, que transportam combustíveis líquidos. Uma unidade será em Tubarão, que está em processo de definição do local, e outra em Chapecó, cujas obras se iniciam em janeiro de 2021. O posto de Itajaí segue a rotina das verificações diárias.

A frota total de caminhões-tanque em Santa Catarina é de 7.850 veículos. Atualmente, a capacidade de verificação anual do Imetro-SC é de aproximadamente 1.000 caminhões, e o certificado vale por dois anos. “Com a entrada em funcionamento dos outros dois postos, triplicando a capacidade de fiscalização e emissão do Certificado de Verificação Metrológica, a tendência é de que a demanda reprimida anual das empresas de Santa Catarina tenha redução considerável”, explica Rudinei Floriano.

Reestruturação da área de Fiscalização de Pescados

O Imetro-SC obteve reconhecimento nacional no controle de pescado glaciado. A autarquia atua em toda a cadeia produtiva, fiscalizando desde a produção até o ponto de venda, onde o pescado é exposto ao consumidor final. Este trabalho é realizado muitas vezes em parceria com órgãos como Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), atuando tanto em operações especiais quanto em trabalhos rotineiros.

Em 2020, houve a reestruturação na área de Fiscalização de Pescados, com implantação de câmara fria para estoque de produto e aquisição de veículo de transporte de pescado congelado para expandir a coleta de pescados e produtos glaciados para todo o estado. Também foi encaminhado o Projeto de Laboratório de Pescados Congelados para o MPSC.

Fonte GSC Imagens GSC

Print Friendly, PDF & Email