News

Em Rio do Sul, governador anuncia mais de R$ 37,1 milhões para reconstrução da região atingida pela enxurrada

O governador Carlos Moisés anunciou nesta terça-feira, 5, em Rio do Sul, mais de R$ 37,1 milhões em recursos para auxiliar municípios do Alto Vale do Itajaí atingidos pela forte enxurrada em dezembro. Para permitir a reconstrução e a retomada de negócios nas micro, pequenas e médias empresas de Rio do Sul e Ibirama foi lançado o Recomeça SC, uma linha de R$ 30 milhões em crédito com juro subsidiado. Além disso, por meio da Casan, haverá cobrança especial da tarifa de água nas cidades atingidas. 

Na ocasião, foram anunciados ainda recursos que totalizam R$ 7,1 milhões para a infraestrutura da região. As obras, que contarão com recursos da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, serão executadas pelo município de Rio do Sul e fiscalizadas pela Defesa Civil estadual.

Santa Catarina tem um histórico de eventos climáticos, por isso é importante que o Governo do Estado esteja preparado e tenha ações para mitigar possíveis danos. “Precisamos ter um olhar atento para aqueles que sofrem com a intempéries. Estamos aqui para trazer apoio ao povo catarinense. Tenho certeza que as medidas anunciadas farão a diferença na vida dos que sofreram com a calamidade. O programa Recomeça SC é um exemplo, uma parceria com aqueles que têm a coragem de empreender. É um gesto para renovar a esperança dos catarinenses”, disse o governador. Ele também destacou o apoio da Assembleia Legislativa na atenção à população catarinense.

O prefeito de Rio do Sul, José Eduardo Rothbarth Tomé, agradeceu o apoio do Governo do Estado na liberação dos recursos e enfatizou a importância da união de esforços para atender a população no momento que ela mais precisa. “São recursos que vão salvar empresas, empregos e vidas”, afirmou. 

Carlos Moisés ressaltou que o Governo do Estado tem um olhar constante para a região. Entre as prioridades, está o término das barragens que contam com projetos já aprovados e encaminhados para a Defesa Civil Nacional. “São ações importantes e de prevenção. Santa Catarina precisa investir em prevenção, com isso salvamos vidas. E é justamente isso que buscamos, temos que pensar sempre no futuro.”

Conheça um pouco mais sobre as ações anunciadas 

1. Recomeça SC 

O Programa Recomeça SC visa estimular a rápida reconstrução e recuperação dos empreendimentos produtivos afetados por desastres naturais e catástrofes climáticas localizados em municípios catarinenses em calamidade pública.

A linha de crédito de R$ 30 milhões será operada pelo Badesc. Serão viabilizadas operações entre R$ 30 mil e R$ 200 mil, com 12 meses de carência e 36 meses para pagamento. Os juros serão 100% subsidiados pelo Governo, desde que os tomadores honrem as parcelas dentro do prazo de vencimento.

O cálculo é de que o recurso permita atender de cem até mil empresas, conforme o valor das operações. O crédito poderá ser solicitado até 60 dias após a homologação do Decreto de Estado de Calamidade Pública.

O recurso vai permitir recompor estoques, reformar estruturas, adquirir máquinas e equipamentos, além de assegurar capital de giro para comércio, indústria e prestadores de serviços.

O presidente do Badesc, Eduardo Alexandre Corrêa de Machado, destacou que o programa é uma chance para o empreendedor reconstruir o seu negócio e repor o estoque que foi perdido. “Oportuniza um verdadeiro recomeço de uma retomada econômica pujante, que é o que todos desejamos para nosso estado”.


2. Cobrança especial da água


A Resolução Nº247, da Casan, possibilita faturamento pela média de consumo de água do imóvel, evitando valores que possam ser alterados por vazamentos ocultos decorrentes da força das águas ou maior consumo de água em função da limpeza das residências. A normativa tem como base o Informe 09.2020/CIOP-DCSC, editado na sexta-feira, dia 18 de dezembro. A ação atende os municípios de Rio do Sul, Aurora, Apiúna, Ascurra, Ibirama e Lontras.

Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, e Siderópolis, na Região Sul, também sofreram com as chuvas e serão contempladas na Resolução.

A presidente da Casan, Roberta Mass dos Anjos, destacou que as pessoas impactadas pelos eventos climáticos passam por um momento sensível. “Procuramos uma forma de ajudar neste momento. Com a situação, as pessoas acabam tendo um gasto maior em consumo de água por conta das limpezas necessárias. A Casan faz um levantamento das faturas que estão com valor muito acima do habitual e aplica o desconto conforme o consumo médio do último ano. A população que não for atendida também pode procurar a Casan para ressarcir os valores.”


3. Infraestrutura


Com recursos de R$ 5,5 milhões, será executada a reconstrução da Rodovia Municipal que interliga Rio do Sul a Lontras. A Rodovia Conselheiro Willy Hering, denominada Estrada Blumenau, fica localizada no bairro Bela Aliança. As obras serão executadas pelo município de Rio do Sul e fiscalizadas pela Defesa Civil estadual.
“No primeiro momento trabalhamos com o socorro às pessoas e ajuda humanitária. Posteriormente temos esse olhar para a infraestrutura, que é fundamental para a retomada das cidades”, salientou o chefe da Defesa Civil, coronel Aldo Baptista Neto.

O governador anunciou ainda o repasse de R$ 1.622.912,33, da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade, para a continuidade das obras na rodovia Lauro Pamplona, que liga Rio do Sul a Presidente Getúlio. Serão executados os serviços de pavimentação e drenagem do trecho ainda não pavimentado. Os trabalhos devem iniciar no final do mês de janeiro, com previsão de término para maio.

A localidade possui um corredor de zona diversificada de serviços e comércio e faz uma importante ligação com a BR-470, rota de grandes polos geradores de emprego e renda da região. As obras vão oferecer melhoria na mobilidade, conforto e segurança aos cidadãos que fazem uso da via, além de permitir a circulação de veículos em adequadas condições de tráfego.

Participaram também do ato o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, deputado federal Celso Maldaner, deputados estaduais Milton Hobus, Jerry Comper, Paulinha da Silva, a vice-prefeita de Rio do Sul, Karla Bastos Miguel, prefeitos da região e outras autoridades.

Fonte GSC Imagens Secom

Print Friendly, PDF & Email

Fabricio Porto

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo