PM Ambiental resgata aves silvestres que eram mantidas em cativeiro de forma ilegal

PM Ambiental resgata aves silvestres que eram mantidas em cativeiro de forma ilegal

Pássaros foram localizados em um imóvel na cidade de Itanhaém, no litoral sul de São Paulo; uma delas apresentava sinais de maus-tratos.

A Polícia Militar, por meio do 3º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), resgatou seis aves silvestres que eram mantidas em cativeiro sem autorização do órgão ambiental competente. A ação aconteceu no último sábado (2), em Itanhaém, no litoral sul de São Paulo.

Durante fiscalização, os PMs ambientais viram duas gaiolas contendo duas aves da espécie “coleirinho papa capim”, penduradas do lado externo de um comércio localizado na rua Cardeal Mota.

Questionado, o responsável pelo estabelecimento confirmou ser proprietário dos pássaros e informou a existência de mais aves na sua residência, localizada no mesmo endereço.

O homem permitiu a entrada da equipe que, após buscas, encontrou mais três gaiolas contendo três pássaros, da mesma espécie dos anteriores, na varanda da casa. Nos fundos do imóvel também foi localizado um papagaio verdadeiro com sinais de maus-tratos.

O autor alegou que as aves eram de estimação, mas que não possuía autorização para mantê-las no local. Sendo assim, as seis aves foram apreendidas pela PM Ambiental para posterior destinação. Contra o homem foram elaborados dois Autos de Infração Ambiental (AIA), um por manter os pássaros em cativeiro e outro por maus-tratos, totalizando R$ 12 mil em multa.

Fonte: Governo de São Paulo

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email