Startups poderão contribuir para melhoria dos serviços prestados pela Emater-MG

Startups poderão contribuir para melhoria dos serviços prestados pela Emater-MG

Participação em edital que vai selecionar projetos com soluções para a gestão pública vai até 29 de janeiro.

O trabalho de assistência técnica e extensão rural desenvolvido pela Emater-MG poderá ganhar um reforço de startups nacionais e estrangeiras. A empresa foi incluída numa ação do Governo de Minas Gerais para selecionar startups que apresentem com soluções para os desafios da gestão pública.

Com o lançamento do edital da 6ª rodada de aceleração de startups do Seed – Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development, gerenciado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), 90% das 60 das vagas serão voltadas a startups com soluções tecnológicas para desafios apresentados por órgãos estaduais. As outras vagas serão para projetos de negócios de base tecnológica de quaisquer segmentos.

Desafios

Neste ano, 22 órgãos da administração direta e indireta do Governo de Minas inscreveram 105 propostas de desafios que poderiam ser solucionados pelas startups. Trinta e sete foram aprovadas e constam no edital, sendo duas sugeridas pela Emater-MG.

Uma delas é sobre como promover uma assistência técnica e extensão rural digital eficientes e ágeis para os agricultores familiares, que possam ser avaliadas qualitativamente, e ainda gerar economia para o estado. “Buscamos uma modalidade complementar à assistência técnica que já fazemos, que é a assistência presencial. Queremos ampliar e potencializar o trabalho, por meio digital, somando às ações já desenvolvidas pela empresa”, explica o diretor técnico da Emater-MG, Feliciano Nogueira de Oliveira.

 A outra proposta da Emater-MG trata da mensuração e mapeamento da comercialização e da percepção dos consumidores nas feiras livres da agricultura familiar, existentes em centenas de municípios do estado. “A Emater-MG tem um trabalho muito importante na coordenação das feiras junto às prefeituras municipais, na organização da produção e na assistência técnica aos agricultores”, afirma  Oliveira.

Participação

As startups interessadas em participar podem fazer a inscrição até o dia 29 de janeiro de 2021. Foram criados critérios de seleção como: relevância para a política de desenvolvimento econômico, impacto no setor produtivo, aderência à política governamental, e factível de solução no ecossistema de inovação.

“Dessa forma, as startups desenvolvem seus negócios e contribuem para uma gestão pública cada vez mais eficiente, desburocratizada e inovadora”, explicou o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

Todos os selecionados terão acesso ao incentivo financeiro previsto no edital. Podem participar empreendedores nacionais ou estrangeiros.

As informações sobre o edital estão disponíveis no site www.seed.mg.gov.br. As dúvidas serão solucionadas somente por e-mail: operacoes@seed.mg.gov.br.

Fonte: Agência Minas

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email