TO: Em 2020, Polícia Militar reduz criminalidade e desarticula crime organizado

TO: Em 2020, Polícia Militar reduz criminalidade e desarticula crime organizado

Mesmo com todas as dificuldades impostas pela pandemia, a Polícia Militar do Tocantins (PMTO) apertou o cerco contra a criminalidade em 2020. Ao todo, foram realizadas 80 operações policiais, como Cidade BlindadaCampo Seguro e Hórus Divisa, as quais contam com efetivo das unidades especializadas da PMTO como o Batalhão de Choque (BPCHOQUE), o Batalhão Rodoviário e de Divisas (BPMRED), por meio da Companhia de Operações de Divisas (COD), o Batalhão Ambiental (BPMA), a Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE), o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), além do emprego de todo seu efetivo das unidades operacionais.

As Operações foram realizadas em todas as regiões do Tocantins, resultando em diversas prisões, apreensões de armas e drogas e na recuperação de diversos veículos, com restrição de furto ou roubo.

O resultado das operações se refletiu diretamente na segurança do cidadão tocantinense, com uma redução significativa nos números de ocorrências de roubos. Nos registros de roubo a veículo automotor, houve queda de 13,2%; roubo a estabelecimento comercial também teve uma expressiva redução de 42,7%; roubo a residência de 359 ocorrências, em 2019, para 258 em 2020, uma redução de 28,2%, e não foi registrada nenhuma ocorrência de roubo a banco ou carro forte.

Somente a operação Hórus Divisa, operação permanente, que tem o apoio do Ministério da Justiça, causou um prejuízo de R$ 5,9 milhões ao crime organizado, tendo sido apreendidos 233,59 kg de entorpecentes, 1.050 maços de cigarro, 91 veículos e 24 armas de fogo de diversos calibres. O resultado foi a prisão de 95 pessoas, a apreensão de três menores e a captura de duas pessoas foragidas da justiça.

Para o chefe do Estado-Maior da Polícia Militar, coronel Márcio Antônio Barbosa, os resultados obtidos são frutos de muito trabalho e de diversos fatores. A PM aumentou a presença ostensiva em pontos sensíveis através do trabalho das Companhias e dos Batalhões com reforços pontuais das unidades especializadas trazendo maior efetividade das ações nas divisas do Estado, evitando principalmente os crimes de maior dano social, como os roubos a bancos e carros-fortes. Nesse contexto, “o trabalho do Gaeco e da Polícia Civil também foi importante para que percorrêssemos todo ano de 2020 sem crimes dessa natureza. Agora, o desafio é manter os indicadores e isso ocorrerá com a manutenção e a ampliação do trabalho da Polícia”, ressaltou o coronel Márcio Antônio Barbosa.

Fonte: Governo do Tocantins

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email