Progere II já investiu mais de R$ 4 milhões em projetos produtivos no Piauí

Progere II já investiu mais de R$ 4 milhões em projetos produtivos no Piauí

O programa já atendeu diretamente 644 famílias rurais em 32 municípios do estado.

Executado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), o Programa de Geração de Emprego e Renda no Meio Rural (Progere) já atendeu diretamente 644 famílias rurais em 32 municípios do estado. Presente em três territórios, o programa tem como objetivo reduzir a pobreza e melhorar a renda das famílias rurais dos três territórios em que atua.

Desenvolvido nos territórios do Entre Rios, Cocais e Carnaubais, o programa já investiu R$ 4.756.110,56 em atividades produtivas. Uma das principais linhas de ação do projeto é o desenvolvimento de iniciativas de negócios em arranjos produtivos. Em todo o estado, o Progere já atendeu 644 famílias rurais, sendo 461 mulheres e 139 jovens beneficiados diretos no apoio à produção e geração de renda.

A diretora do Progere II, Janaína Mendes, ressaltou que o programa tem como principal objetivo atender famílias rurais e que, mesmo com a pandemia, “o projeto teve grandes avanços. O ano de 2020 foi de grande investimento do Governo do Estado para o programa e, apesar da pandemia, conseguimos desenvolver e implementar novos projetos e, isso foi positivo”.

A diretora também pontuou que os projetos de investimentos produtivos vão desde os quintais produtivos a ações nas cadeias da apicultura, mandiocultura,  caprinocultura, cajucultura e artesanato. “A SAF tem aprovado projetos inovadores como o laboratório de extração de apitoxina (veneno das abelhas) e projetos em que o beneficiamento da mandioca é feito com o uso de energia solar e de biodigestores. Além disso, também atuamos na gestão e no fortalecimento desses grupos, que inclui as capacitações tanto na parte produtiva quanto na administração do projeto dentro das comunidades e mercado. A expectativa para 2021 é concluir os projetos que estão em execução, auxiliar os grupos na articulação com outros programas da secretaria, para proporcionar aos agricultores familiares novas alternativas de comercialização e contribuir para a geração de renda e o fortalecimento dessas famílias”, destacou Janaína Mendes.

Entre os territórios beneficiados, está o dos Cocais, onde foram implantados 15 planos de investimentos produtivos nos municípios de Barras, Batalha, Esperantina, Lagoa de São Francisco, Luzilândia, Milton Brandão, Pedro II, Piracuruca, Piripiri e São João do Arraial. Dos 15 planos de investimentos produtivos, três já foram finalizados e 10 já estão com os recursos liberados nas contas das associações. No território dos cocais, o projeto atende diretamente 321 famílias, sendo que 241 são mulheres.

O projeto da Escola Família Agrícola (EFA) Cocais, localizada no município de São João do Arraial, é um dos planos de investimentos produtivos que estão em execução no Território dos Cocais. O projeto tem o valor total de R$ 321.600,51, com o investimento do Estado de R$ 251.700,51. A iniciativa tem como objetivo a implantação de uma unidade de beneficiamento de frutas dos agricultores familiares, uma horta e um sistema de avicultura. O propósito é repassar informações técnicas sobre produção e agregação de valor aos produtores rurais que já produzem ou pretendem produzir com consequente melhoria das condições de vida desses beneficiários e aumento da liberdade financeira da instituição escolar.

De acordo com Francisco Helito, técnico do Emater, que atua no território, no total, 36 famílias serão beneficiadas diretamente com o projeto. “Essa é uma oportunidade de gerar emprego e renda para as famílias beneficiadas, pois agora elas podem comercializar a produção que tem em seus quintais, como é o caso das frutas produzidas em seus pomares. Com o projeto, essas famílias irão fornecer esses produtos para unidade escolar, que vai produzir uma polpa de qualidade para revender em toda a região. Nós do Emater ficamos muito satisfeitos por contribuir com o projeto e com as famílias”, frisou o técnico.

O Progere II é fruto da parceria entre o Governo do Estado e o Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), por meio do Projeto Piauí Pilares do Crescimento e Inclusão Social, com ações de fortalecimento da agricultura familiar e geração de renda e desenvolvimento rural sustentável nos Territórios dos Cocais, Carnaubais e Entre Rios.

Fonte: Governo do Piauí

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email