News

FIA e Detran/RJ gerenciarão banco de dados para achar crianças sumidas

A Fundação para Infância e Adolescência (FIA) e o Detran.RJ, de forma coordenada, vão gerenciar um banco de dados para o desenvolvimento de ações voltadas à identificação e à localização de crianças e adolescentes desaparecidos, conforme publicação feita no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro da Lei N° 9167, de 6 de janeiro de 2021. Esta dispõe sobre o banco de dados de reconhecimento facial e digital de crianças e adolescentes desaparecidos.

Em parceria com o Detran.RJ, o Programa SOS Crianças Desaparecidas, da FIA, realizará a produção e compartilhamento de dados de imagem e digitais de crianças e adolescentes desaparecidos obtidos durante a confecção da carteira de identidade. A FIA é vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Nos casos de investigação, a Polícia Civil deverá solicitar ao Detran.RJ os dados do desaparecido, que poderá disponibilizá-los em até 24 horas.

Fonte: Governo do Rio de Janeiro

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo