Athletico-PR e São Paulo empatam na Arena da Baixada pelo Brasileirão

Athletico-PR e São Paulo empatam na Arena da Baixada pelo Brasileirão

Renato Kayzer abriu o placar para o Furacão no primeiro tempo, mas Tchê Tchê igualou pelo líder do campeonato na etapa final e decretou o 1 a 1.

Neste domingo (17), o Athletico-PR recebeu o líder São Paulo em jogo da 30ª rodada do Brasileirão Assaí. Com um gol em cada tempo, as duas equipes ficaram no empate em 1 a 1 na Arena da Baixada – Renato Kayzer abriu o placar pelo Furacão, mas Tchê Tchê igualou para o Tricolor. Com o resultado, os paulistas se mantêm na primeira posição, agora com 57 pontos. Os paranaenses subiram para o décimo lugar, com 39. Veja os detalhes:

+ Confira a tabela completa do Brasileirão Assaí!

O jogo

A primeira etapa foi estudada em Curitiba, com poucas chances claras. O jogo começou a esquentar aos 21 minutos, em chute de Fernando Canesin na área que foi defendido com segurança pelo goleiro Tiago Volpi. Com maior presença no setor ofensivo, o Furacão chegou de novo aos 28, em passe de Renato Kayzer para Carlos Eduardo que só não acabou em gol porque Arboleda afastou na hora certa. No entanto, os donos da casa conseguiram abrir o placar antes do intervalo. Aos 38, o lance se inverteu: Carlos Eduardo recebeu e cruzou rasteiro para Kayzer, que desviou para a rede.

Na segunda parte do jogo, o São Paulo voltou melhor e buscou o empate a todo custo. Aos seis minutos, a primeira chance: bom passe entre a zaga para Brenner, que tentou tocar no cantinho, mas parou em Santos. Pouco depois, aos nove, Gabriel Sara bateu da entrada da área e acertou a rede pelo lado de fora. Entretanto, Tchê Tchê teve maior felicidade ao arriscar de longe e fez um belo gol aos 15 minutos, igualando o marcador. 

Depois do gol, o Athletico Paranaense teve boa oportunidade com Christian, aos 21 minutos. No entanto, Tiago Volpi fez bela defesa com uma mão só. A partir daí, apesar da indefinição do confronto, as duas equipes não conseguiram criar tanto. O São Paulo deu alguns sustos na reta final, especialmente em chute de Vitor Bueno e em cabeceio de Gonzalo Carneiro – este último já no período de acréscimos. Contudo, o empate se manteve até o fim.

Foto: Robson Mafra/AGIF
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email