Esportes

Handebol: brasileira Duda Amorim recebe prêmio de melhor da década

Escolha da catarinense foi feita pelo site Handball Planet.

Duda Amorim, 34 anos, foi escolhida como a melhor jogadora do mundo da década (2011/2020). A eleição foi promovida pelo site Handball Planet, um dos mais importantes na modalidade. Na mesma votação, através de escolha popular, Duda foi considerada a melhor defensora dos últimos dez anos. Entre outros títulos, a catarinense de Blumenau é campeã mundial, tendo sido escolhida a melhor atleta do torneio, tricampeã pan-americana pela Seleção Brasileira e pentacampeã da Champions League de clubes.


Além de ser o principal nome da modalidade no país, ela se consolida cada vez mais como um dos maiores nomes do esporte em nível mundial. Já atua há mais de 15 anos na Europa, tendo passado pela Macedônia, onde defendeu o clube Kometal Gjorge Petrov, e está há mais de 10 anos na Hungria, no Gyori Eto KC. Em 2014, ela já havia sido escolhida a melhor do mundo pela Federação Internacional da modalidade (IHF). E, em 2019, recebeu o prêmio de melhor da Europa pela Federação continental (EHF).
Além da brasileira Duda Amorim, completam a lista do site Handball Planet, a goleira Katrin Lunde (NOR), a pivô Heide Loke (NOR), a central Groot (HOL), a armadora direita Nora Mork (NOR), a ponta-esquerda Camilla Herrem (NOR), a armadora-esquerda Neagu (ROM) e a ponta-direita Jovanka Radicevic (MNE).

Foto: Abelardo Mendes Jr/Rede do Esporte
Fonte: Agência Brasil

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo