News

MMA enviou recurso para prevenir atropelamento de animais no litoral paulista

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) destinou recursos ao município de Cananéia-SP para prevenir e reduzir atropelamentos de animais silvestres em rodovias locais, bem como promover a divulgação de espécies de aves nativas da região, com o objetivo de aproveitar o potencial turístico da observação de pássaros e aves.

Entre as medidas de defesa dos animais, estão a instalação de placas de sinalização de presença de fauna e a construção de passarelas aéreas para primatas e outras espécies arborícolas em áreas com mais densidade de mata nativa. As medidas serão implantadas em pontos críticos das rodovias Prefeito Herculano de Oliveira Rosa e Abílio Previdi, compreendendo um corredor biológico de 110 km que se estende desde a foz do Rio Ribeira em Iguape (SP) até a baía de Paranaguá (PR). A sinalização também garante maior segurança para os motoristas que frequentam a estrada, diminuindo os riscos de acidentes devido a colisões com animais nas vias.

Além disso, os recursos também serão utilizados para a elaboração de um guia didático de aves da região, para fomentar o turismo de observação de aves na região. Com essa proposta, a população do município também será beneficiada pela geração de emprego e renda, por meio de atividades educativas voltadas ao ecoturismo.

O município de Cananéia está situado no extremo sul do Litoral Paulista, e além de abrigar reservas de mata atlântica, é um dos maiores berçários de vida marinha do mundo. As paisagens do mar contra a mata nativa e a rica diversidade de fauna no entorno atraem um fluxo turístico que ultrapassa 100 mil visitantes em alta temporada.

O ecoturismo a favor da conservação

O aumento do número de turistas frequentando o município intensifica o tráfego de veículos nas rodovias, ocasionando ocorrências de atropelamentos de animais. Com incentivos à observação de pássaros, o ecoturismo passa a ter um papel preponderante na proteção da biodiversidade. Com a criação de roteiros turísticos específicos e atividades de educação ambiental, a valorização das aves da região pode ser estimulada tanto entre turistas quanto moradores da região.

Fonte: www.mma.gov.br

Print Friendly, PDF & Email

Danilo Sacramento

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo