Educação

Libras ajudam no desenvolvimento social

No dicionário da língua portuguesa, a palavra “comunicar” significa compartilhar ideias, sentimentos, emoções, esclarecer alguma coisa, avisar, entre outros. Há pessoas que se comunicam por meio de sinais. Estamos falando das pessoas surdas.

O dia 23 de fevereiro é o Dia Nacional do Surdo-Mudo, data em que o país inteiro ressalta a necessidade de inclusão de pessoas nessa situação. A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é uma forma fácil e objetiva para incluir pessoas com limitações de audição e fala no processo de comunicação.

Segundo dados de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são 10 milhões de pessoas surdas. Isso equivale a 5% da população brasileira. Entender a lingua de sinais, libras, é um dos primeiros passos para que as pessoas entendam a importância dessas pessoas fazerem parte da sociedade.

A libras foi reconhecida em 2002, pela Lei de nº 10.436 como uma das línguas oficiais do país, sendo regulada pelo Decreto nº 5.626/2005. O que diferencia essa linguagem é que, no lugar do som, as pessoas se comunicam por gestos realizados com as mãos e combinados com expressões corporais e faciais.

Hoje, muito surdos não ganham espaço no mercado de trabalho, por exemplo, porque a língua de sinais não é comum a todos. “Pra mostrar que isso está mudando, hoje temos cerca de 23 cursos de Letras Libras nas Universidades Públicas para trabalhar com essas 10 milhões de pessoas Surdas no Brasil”, destacou o diretor do Instituto Nacional de Educação dos Surdos (INES), Paulo de Bulhões.

Segundo o diretor, as Libras garantem o reconhecimento da luta dessas pessoas. “Aqui no INES, trabalhamos com assessoramento, orientamos e educamos as pessoas Surdas da educação precoce ao ensino superior para que o preconceito com as pessoas que têm menor ou nenhuma capacidade de audição”, destaca ele.

Para ele, a importância de aprender libras reflete não só no desenvolvimento social e emocional das pessoas surdas, mas também de todos que fazem parte do seu convívio. “Ainda precisamos melhorar a compreensão das pessoas sobre o valor da língua de sinais”, colocou o diretor.

Projeto do Governo Federal para Surdos

O governo federal tem o projeto Libras Gov, que é o resultado de uma parceria entre o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O VLibras é uma tecnologia gratuita e de código aberto, para surdos, que traduz do português para a libras conteúdos presentes em computadores, dispositivos móveis e plataformas na Internet.

Blog da Saúde.

Fonte: blog.saude.gov.br

Leia também: A história da LIBRAS – a Língua Brasileira de Sinais

SEU APOIO VOLUNTARIO É MUITO IMPORTANTE!
Sua assinatura não somente ajudará no fornecerá notícias precisas, mas também contribuirá para o crescimento do bom jornalismo que ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras.

Tornando-se assinante Prêmio!

Através do link abaixo você obtém 25% de desconto, também contribuirá com ações voltadas a proteção de animais em situações de abandono, e vítimas de maus tratos. Acesse o link ou escaneie o QRcode o abaixo e obtenha o desconto promocional e contribua com a causa animal!

Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

LINK ASSINATURA ANUAL PAGAMENTO ÚNICO

Obrigado pelo apoio!

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região, história, arqueologia, tecnologia, ciências, literatura. Natural de Itajaí, Santa Catarina, social mídia.
Botão Voltar ao topo