História

3.600 anos depois, a autópsia no Egito indica que um faraó foi executado cerimonialmente

Um estudo de alta tecnologia ofereceu novas pistas sobre a morte de um faraó que governou o Egito há mais de três milênios, disse o ministério de antiguidades do Egito na quarta-feira.

Seqenenre Tao II, “o bravo”, reinou sobre o sul do Egito por volta de 1.600 AEC.

Ele liderou as tropas egípcias contra os hicsos, uma dinastia de origem da Ásia Ocidental que conquistou o Delta do Nilo.

O corpo de Seqenenre foi examinado por raios-X na década de 1960, revelando ferimentos na cabeça habilmente escondidos por embalsamadores e dando origem a teorias de que ele foi morto em batalha ou em um assassinato em palácio.

Mas depois de realizar tomografias e produzir imagens 3D, o arqueólogo Zahi Hawass e o professor de radiologia da Universidade do Cairo, Sahar Salim, concluíram que ele foi morto em uma “cerimônia de execução” após ser feito prisioneiro no campo de batalha.

A tomografia computadorizada “revelou detalhes dos ferimentos na cabeça, incluindo feridas que não haviam sido descobertas em exames anteriores e haviam sido habilmente escondidas por embalsamadores”, disse o Ministério das Antiguidades em um comunicado.

Os pesquisadores então estudaram esses ferimentos contra várias armas hicsas armazenadas no Museu Egípcio no Cairo, incluindo um machado, uma lança e várias adagas.

As “mãos deformadas da múmia indicam que Seqenenre pode ter sido capturado no campo de batalha, e suas mãos foram amarradas atrás das costas, impedindo-o de desviar o ataque feroz” em sua cabeça, disse o comunicado.

O estudo, publicado na Frontiers in Medicine, também revelou varreduras ósseas mostrando que o faraó tinha cerca de 40 anos quando morreu.

Os pesquisadores passaram décadas tentando decifrar a morte de Seqenenre, cujo corpo foi encontrado no final do século 19 e tinha feridas visíveis em seu rosto.

Leia também: Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

Você também pode querer saber: Como estabelecer metas de estudos.

Fonte: http://www.timesofisrael.com

SEU APOIO É IMPORTANTE!
Sua assinatura não somente ajudará no fornecerá notícias precisas, mas também contribuirá para o crescimento do bom jornalismo que ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras.

Obrigado pelo apoio!

Tornando-se assinante Prêmio!

Através do link abaixo você obtém 25% de desconto, também contribuirá com ações voltadas a proteção de animais em situações de abandono, e vítimas de maus tratos. Acesse o link ou escaneie o QRcode o abaixo e obtenha o desconto promocional e contribua com a causa animal!

LINK ASSINATURA ANUAL PAGAMENTO ÚNICO

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região, história, arqueologia, tecnologia, ciências, literatura. Natural de Itajaí, Santa Catarina, social mídia.
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo