Esportes

Stroll define meta de P3 nos construtoras para o primeiro ano de volta da Aston Martin na F1

Lance Stroll acredita que a Aston Martin pode terminar em terceiro no campeonato – se não melhor – no retorno do fabricante à Fórmula 1 nesta temporada, com o canadense estabelecendo como meta terminar entre os cinco primeiros na classificação de pilotos.

O dono da equipe, Lawrence Stroll, mudou a marca de seu time de Racing Point para Aston Martin antes desta temporada, a equipe britânica revelando uma impressionante pintura verde com um toque de rosa durante um lançamento online do QG automotivo da empresa em Gaydon, na quarta-feira.

Como Racing Point, a equipe de Silverstone terminou em quarto lugar no campeonato de construtores no ano passado, perdendo para a McLaren, com Sergio Perez conquistando uma vitória no Bahrain e Lance Stroll com a pole position na Turquia.

Este ano, Stroll – que terá como parceiro o tetracampeão mundial Sebastian Vettel – quer, no mínimo, fazer melhor.

“Como equipe, acho que o terceiro lugar no campeonato de construtores é um grande objetivo”, disse Stroll. “Perdemos isso no ano passado, chegamos tão perto. Eu realmente acredito que podemos conseguir isso este ano, se não mais. Esse é um grande objetivo da equipe”.

Ele acrescentou: “Da minha parte, lutar para terminar nos cinco primeiros do campeonato, seria uma grande conquista”.

“Quero melhorar como piloto. No ano passado consegui alguns pódios e consegui a minha primeira pole, o que foi incrível. Eu realmente quero desenvolver isso”.

“Houve oportunidades de ganhar corridas no ano passado que perdi, como no Bahrein, Turquia e Monza. Isso realmente mostra o potencial que temos nesta temporada e é extremamente emocionante”.

Aston Martin Cognizant Formula One® Team_AMR21_01.jpg
Sebastian Vettel e Lance Stroll dividirão as tarefas de direção quando o AMR21 for executado pela primeira vez na quinta-feira

Stroll dirigirá o AMR21 pela primeira vez em Silverstone na quinta-feira, quando a equipe usar o primeiro de seus dois dias de filmagem, e ele diz que mal pode esperar para começar.

“Voltei revigorado das férias de inverno”, acrescentou. “Vai ser minha terceira temporada aqui trabalhando com esse grande grupo de pessoas, e essa estabilidade é o que você precisa como piloto. Estou em casa aqui e construí um relacionamento forte com a equipe agora”.

“Todas essas coisas fazem a diferença quando estamos competindo pelas últimas frações de segundo. É o caso de saber exatamente o que você precisa e como trabalhar com a equipe para realmente otimizar o desempenho”.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo