Tecnologia

Educação profissional beneficia pessoas com deficiências

A formação profissional desenvolve habilidades, desperta a autoestima e incentiva a autonomia. É o que revela a pesquisa de pós-doutorado do bolsista da Coordenação de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Renan Antônio da Silva, pelo Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania (PPGDH/Ceam/UnB). O estudo apresenta a importância dos cursos profissionalizantes na inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

A pesquisa acompanhou, entre agosto e dezembro de 2018, 28 concluintes de formações oferecidas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do estado de São Paulo (SP). Desses, 57% eram do sexo masculino e 46% eram mulheres com idades entre 18 e 24 anos. Entre as deficiências observadas, 82% eram físicas, auditivas e visuais.

Renan Antônio da Silva, bolsista de pós-doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania – UnB (Foto: Arquivo pessoal)

“De modo particular, no que se refere à inserção no mundo do trabalho, faz-se necessário a quebra de barreiras para que elas se reconheçam e sejam apontadas como parte integrante da sociedade produtiva”, avalia Renan. De acordo com o pesquisador, as pessoas com deficiência ainda são vistas como incapazes de produzir, questão muitas vezes associada à falta de qualificação e capacitação profissional.

Segundo dados da pesquisa, após a conclusão da formação profissional, 71% estavam empregados em sua área de formação e 4% em áreas diferentes. Fora do mercado formal de trabalho estavam 25%. Os resultados indicam que a formação profissional possibilitou a descoberta de capacidades e a integração produtiva.

O artigo foi publicado na Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação e traz dados sobre a inserção desses alunos no ambiente escolar, além de detalhar particularidades desses formandos, de acordo com o tipo de deficiência apresentada. Acesse aqui a publicação.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES.

Leia também: Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

Você também pode querer saber: Como estabelecer metas de estudos.

Imagem destacada: Pixabay

Fonte: gov.br/capes

SEU APOIO É IMPORTANTE!
Sua assinatura não somente ajudará no fornecerá notícias precisas, mas também contribuirá para o crescimento do bom jornalismo que ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras.

Obrigado pelo apoio!

Tornando-se assinante Prêmio!

Através do link abaixo você obtém 25% de desconto, também contribuirá com ações voltadas a proteção de animais em situações de abandono, e vítimas de maus tratos. Acesse o link ou escaneie o QRcode o abaixo e obtenha o desconto promocional e contribua com a causa animal!

LINK ASSINATURA ANUAL PAGAMENTO ÚNICO

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região, história, arqueologia, tecnologia, ciências, literatura. Natural de Itajaí, Santa Catarina, social mídia.
Botão Voltar ao topo