Esportes

Vettel diz que há mais por vir depois do primeiro teste com a Aston Martin

Sebastian Vettel fez suas primeiras voltas como piloto da Aston Martin nos testes de pré-temporada de 2021, com o tetracampeão completando 51 voltas no Circuito Internacional do Bahrain para sua nova equipe na sexta-feira. Mas apesar de terminar apenas o P7 nas planilhas de tempos para a sessão da manhã, Vettel disse que gostou de sua primeira saída “adequada” no AMR21 – e garantiu aos fãs de F1 que havia “mais por vir” dele e de Aston Martin.

Aston Martin completou duas corridas de shakedown em Silverstone e Bahrain, antes de Vettel ser finalmente liberado na pista do Circuito Internacional de Bahrain quando os testes de pré-temporada começaram em 12 de março. E apesar das condições difíceis de vento prevalecentes na pista, Vettel – que se junta a Aston Martin para esta temporada – ficou satisfeito com o que descobriu sobre seu novo carro no primeiro dia.

“Foi muito produtivo”, disse Vettel, cuja corrida foi ligeiramente reduzida quando ele parou no final do pit lane com um problema com o carro na sessão da manhã. “Ainda há muitas coisas novas com as quais eu preciso me acostumar”.

“Obviamente o carro é diferente, funciona de forma diferente, é uma unidade de potência diferente, muitos interruptores, botões, procedimentos diferentes. Mas também em termos de dirigibilidade, o carro é diferente, então uma abordagem diferente, e depois há coisas básicas, direção, freios, o comportamento do carro a que tenho que me acostumar”.

1306644744
Vettel na pista no novo Aston Martin AMR21

“Portanto, ainda há uma certa margem para mim, e melhorias que tenho que fazer ao dirigir, apenas para me familiarizar com o carro. Mas tem sido, com toda a honestidade, uma manhã bastante complicada, porque está ventando muito e a aderência estava bastante baixa. Acho que todos estavam enfrentando as mesmas condições de pista”.

“Mas ainda assim foi muito, muito bom para mim fazer uma leitura adequada, como eu disse, do carro e me acostumar com os novos elementos para mim”, acrescentou Vettel. “Por enquanto, não prestei muita atenção aos tempos das voltas. Era mais apenas sentir e examinar nossas coisas para tentar fazer uma leitura adequada do carro, muitos dados que tentamos extrair. Então, talvez um pouco chato nesta fase, mas foi divertido estar no carro, divertido deslizar e há mais por vir nos próximos dias”.

Vettel dirigiu unidades de potência da Renault e Ferrari até agora na era híbrida – mas ingressar na Aston Martin significa que o alemão agora tem a unidade de potência da Mercedes líder da categoria à sua disposição. E Vettel admitiu que, se a Aston Martin não atingisse seu potencial em 2021, não seria culpa de seus motore.

“É obviamente diferente [do motor da Ferrari], é operado de forma diferente, então um monte de material seco em termos de operação, funcionamento, é diferente do que estou acostumado”, disse Vettel, do motor da Mercedes.

“Isso é principalmente para eu me atualizar. Mas, obviamente, em termos de desempenho, todos conhecem a força do motor da Mercedes, então nessa frente não temos desculpas. Estou ansioso para isso”.

Após sua corrida no AMR21 na manhã de sexta-feira, Vettel entregou o carro ao companheiro de equipe Lance Stroll – com a dupla definida para dividir a corrida nos dois dias restantes de testes no Bahrein.

Fonte: Fórmula 1

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo