Religiosidade

Reconhecendo Os Verdadeiros Conselhos

O Sábio disse [Mishlê 14: 15]: “Os impensados ​​acreditam em cada palavra, mas uma pessoa prudente avalia de onde ela proveio.”

Para entendermos – com a ajuda de D’us – em alguns aspectos esta sabedoria, devemos considerar o seguinte cenário. Como sabemos Yaakov era inteligente e de bom coração.

Certa vez ele pediu ao seu amigo, Eli, conselhos sobre um certo investimento que estava considerando. Eli, que era inexperiente nos negócios e muito opinativo, recomendou que Yaakov avançasse com o investimento porque “isso parecia ser um bom negócio. Não perca a chance da sua vida!”.

Com base no incentivo de Eli, Yaakov investiu no negócio. Por fim, o investimento foi um péssimo negócio e Yaakov perdeu muito dinheiro.

A pergunta é: quem é responsável pela perda de Yaakov? É possível que Yaakov tenha sido tolo por ouvir Eli ou Eli por recomendar que Yaakov fizesse o negócio?

Embora a importância de seguir um conselho seja bem conhecida, o rei Salomão nos ensina que é essencial usar a inteligência ao seguir um conselho. Primeiro de tudo, devemos evitar aconselhamento de pessoas antiéticas ou mundanas. Em vez disso, devemos reconhecer quem são as pessoas certas e ouvir seus conselhos sábios.

É preciso entender que, pessoas tolas são incapazes de tirar proveito dos conselhos porque acreditam no que lhes é dito. Eles não fazem distinção entre um conselheiro que oferece conselhos sinceros e aquele cujo conselho está contaminado, nem analisam se o conselho está corrompido ou se é correto.

Por outro lado, aprendemos daqui que uma pessoa inteligente não será influenciada por conselhos imorais. Ele ouvirá seus conselheiros e, quando chegar a hora de tomar sua decisão, ele pesará todas as opiniões deles e seguirá o caminho reto.

– Com base nos comentários do Rabenu Yona.

Fonte Blog Torah Com Você

Print Friendly, PDF & Email

Eliahu Hasky

Colunista para Israel em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais da região.
Botão Voltar ao topo