News

MS fecha janeiro com a abertura de 3,4 mil empregos; 60 municípios mais contrataram que demitiram

Mato Grosso do Sul fechou janeiro com saldo positivo na geração de empregos. No primeiro mês de 2021 foram criados 3.483 postos de trabalho, resultado de 19.455 admissões e 15.972 desligamentos conforme dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O saldo foi positivo para todos os setores com destaque para o de serviços (+1.504 postos de trabalho), seguido pelo comércio (+793), indústria (+485), construção (+452) e agropecuária (+249).

No panorama regional, 60 municípios mais contrataram do que demitiram. Se destacam neste cenário Campo Grande (+1.196), Dourados (+493), Três Lagoas (+447), Chapadão do Sul (+294), Aparecida do Taboado (-129), e Coxim (+109).

Por outro lado, 19 municípios sul-mato-grossenses mais desligaram do que admitiram fechando janeiro de 2021 com saldo negativo. Entre eles estão Caarapó (-127), Fátima do Sul (-121) e Bataguassu (-103).

JANEIRO 2021 (Novo Caged)
SETORES    ADMITIDOS     DESLIGADOS    SALDO
Agropecuária1.088839249
Comércio5.6564.863793
Construção1.429977452
Indústria3.7463.261485
Serviços7.5366.0321.504
TOTAL19.45515.9723.483

Saldo de 2020

Mato Grosso do Sul fechou o ano passado com saldo positivo na geração de empregos e fechou 2020 como o 9° estado que mais contratou apesar da pandemia da Covid-19. O acumulado para o ano foi de 14.173 novas vagas de emprego formal, conforme o Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

Fonte: Governo do Mato Grosso do Sul

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo