Esportes

Ferroviária vence América de Cali e conquista a Copa Libertadores Feminina 2020

Na 12ª edição da competição continental, Guerreiras Grenás venceram a equipe colombiana por 2 a 1, e levantam o segundo troféu da Taça Libertadores da América.

 A Ferroviária é campeã da Copa CONMEBOL Libertadores Feminina 2020! Na grande decisão, a Locomotiva venceu o América de Cali por 2 a 1 e assegurou o segundo título da competição continental de sua história. Em sua primeira competição a frente das Guerreiras Grenás, a técnica Lindsay Camila levantou o primeiro troféu como técnica da equipe de Araraquara. 

A conquista veio em um jogo agitado e com certo equilíbrio entre as duas equipes. Os gols que asseguraram mais um troféu da Ferroviária foram marcados por Sochor e Aline Milene. Com o título, a Locomotiva entrou para o restrito hall de times que detêm dois títulos continentais, que conta com São José (2011, 2013 e 2014), Santos (2009 e 2010), Corinthians (2017 e 2019) e agora, a Ferroviária, em 2015 e 2020. Por sua vez, o Brasil é o país com maior número de conquistas com nove campeonatos em doze edições. 

Final da Copa Libertadores da América Feminina - América de Cali x Ferroviária

O Jogo

Se em 2019 a Ferroviária deixou escapar o título, ao perder na final para o Corinthians, desta vez, ninguém parou a Locomotiva. Logo nos primeiros minutos da etapa inicial, as Guerreiras Grenás propuseram o seu estilo de jogo. Com domínio da posse de bola, a equipe de Lindsay Camila criou muitas chances. Logo aos 7 minutos, Sochor balançou as redes em cobrança de falta de longa distância. A trajetória da bola enganou a goleira do América de Cali, que acabou falhando e deixando a bola entrar.

Aos 12 minutos, a Locomotiva voltou a chegar com perigo, desta vez, em nova falha da arqueira Tapia que deixou a bola passar por entre as mãos, Aline Milene estavam bem posicionada na área, mas a árbitra acabou marcando falta na goleira. A melhor chance do América de Cali veio aos 14 minutos, com um chute de fora da área, porém que acabou saindo para fora da meta de Luciana.

O primeiro gol da equipe colombiana saiu aos 37 minutos. Em arrancada de Robledo, a zagueira Yasmin acabou cometendo falta na área e a árbitra marcou pênalti para as adversárias. Camisa 10 do América de Cali, Maria Carolina foi a responsável por concretizar a penalidade em gol. 

Não tardou para que a Ferroviária voltasse a ficar à frente do placar. Quatro minutos depois, foi a vez da defesa do Cali marcar pênalti em favor da Locomotiva. Após pela jogada indivual de Aline Milene, Lourdes recebeu a bola na área e acabou sofrendo falta. Capitã da equipe de Araraquea, Aline bateu o pênalti e deixou a Ferrinha mais uma vez na vantagem no marcador. 

Final da Copa Libertadores da América Feminina - América de Cali x Ferroviária

O segundo tempo mostrou uma dinâmica diferente, o setor defensivo da Ferroviária precisou frear o perigoso ataque do América de Cali. As colombianas dominaram as ações ofensivas e deram trabalho para a goleira Luciana. A principal oportunidade foi com González, que no primeiro minuto do 2º T, avançou em contra-ataque e chutou forte para a meta grená. A bola bateu no travessão e não entrou.

Em mais um ataque de perigo, Ospina aproveitou sobra na área, na finalização a camisa 4 do América de Cali mandou na trave e perdeu mais uma oportunidade de igualar o placar. No início dos acréscimos, aos 45 minutos, Castañeda por pouco não levou a decisão para os pênaltis. Ao cabecear a bola, Luciana salvou mais uma vez.

No contra-ataque, Rafa Mineira chegou livre na meta adversária, mas Tapia defendeu a finalização da camisa 17. Apesar da pressão adversária na etapa final, as Guerreiras Grenás seguraram o placar e, aos 51 minutos, a árbitra apitou decretando a Ferroviária Bicampeã da América!

Com o título, a Ferroviária está garantida na edição de 2021 da Copa Conmebol Libertadores Feminina. Além das Guerreiras Grenás, Corinthians e Avaí/Kindermann, finalistas do Brasileirão Feminino A-1 2020, também estarão na disputa continental, prevista para setembro deste ano.

Foto: Twitter/LibertadoresFEM
Fonte: CBF

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo