News

Paraná: Curitiba tem queda de 21% no número de acidentes em 2020

Os dados incluem os atropelamentos e não contabilizam os registros que envolvem as rodovias, e podem ter reflexo da redução da circulação durante dias com medidas mais restritivas por conta da pandemia.

Curitiba teve queda de 21% no número de acidentes de trânsito em 2020. Ao todo foram registrados 4.840 no ano passado, 1.292 a menos na comparação com 2019, com 6.132 registros. Os dados incluem os atropelamentos e não contabilizam os registros que envolvem as rodovias, e podem ter reflexo da redução da circulação durante dias com medidas mais restritivas por conta da pandemia. Eles estão no relatório de dados do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), divulgado nesta sexta-feira (26). 

De acordo com o BPTran, o primeiro semestre de 2020 teve queda de 21,4% no número de acidentes. Em 2019 foram 2.993 e no ano passado 2.352 ocorrências. O mesmo se repetiu no segundo semestre, que teve queda de 20,7%, de 3.139 acidentes de julho a dezembro de 2019 para 2.488 acidentes nos últimos meses de 2020.

Para o comandante do Batalhão da Polícia de Trânsito (BPTran), tenente-coronel Mário Henrique do Carmo, as estratégias de prevenção e o planejamento, junto com a eficácia do serviço dos policiais, foram essenciais. “O esforço da Polícia Militar em reduzir os acidentes, principalmente o número de feridos e óbitos, é um dos objetivos permanentes do Batalhão da Polícia de Trânsito. Mas outro fator que podemos observar dentro do cenário é a pandemia. Tudo contribuiu para que os números caíssem”, esclareceu.

O mês que mais teve acidentes em 2020, segundo o relatório, foi outubro, com 474 registros. Segundo o comandante da unidade, o aumento pode ter tido reflexo do relaxamento das medidas de proteção naquele período. “Outubro veio logo após o término do inverno. Começamos a ter dias mais quentes, mais longos e também os casos de Covid-19 apresentaram redução. Neste caso houve uma maior flexibilização de algumas atividades e, logicamente, as pessoas começaram a sair mais para as ruas”, acrescentou o comandante do BPTran.

VÍTIMAS – Os números da Capital também apontaram redução em relação a vítimas de acidentes de trânsito. No geral, o volume de acidentes com vítimas, com pelo menos uma pessoa envolvida, caiu de 4.278 para 3.279, na ordem de 23,3%. Comparando o primeiro e o segundo semestres de 2020 com os mesmos períodos de 2019, as quedas foram de 468 e 531 acidentes, respectivamente. 

O balanço indica redução no recorte de acidentes sem vítimas: 293 ocorrências a menos que o ano de 2019. Outro indicador do trânsito que registrou declínio foi o de feridos. Em 2019 foram 4.906, enquanto em 2020 foram 3.689, diferença de 24,8%. Já em relação aos óbitos, houve empate com 2019, com 45 mortes no total.

ORIENTAÇÃO – Esses indicadores provam que a prevenção no trânsito é sempre o melhor remédio, resume o tenente-coronel do Carmo. “Passamos a dar um novo valor para a vida com a pandemia. E isso, logicamente, se reflete em outras situações do cotidiano, como é o caso do trânsito. Temos enfatizado os cuidados e não podemos nos esquecer que o trânsito também tira vidas”, pontuou.

O BPTran é parte integrante do Comando do Policiamento da Capital e executa o policiamento de trânsito a pé e motorizado, na modalidade patrulhamento, permanência e escolta. Entre as missões desses policiais estão a atuação em pontos críticos para obediência à sinalização e proteção dos condutores e pedestres; autuação de infratores e, conforme o caso, prisões ou detenções; e promoção de campanhas de trânsito, visando orientar e educar motoristas e pedestres.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Assine Prêmio: 
Contar hoje com uma mídia isenta, ética e informativa é a busca de todo leitor. Nosso Jornal e Revista oferecem informações gerais que podem ser lidas por toda a família, em uma abordagem que prima pela ética e respeito. Torne-se um assinante Prêmio e obtenha 25% de desconto aplicando o código (WELIMA).

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo