Alimentação

Semana Santa é excelente época para experimentar novos sabores

Depois das reflexões e restrições nos 40 dias da quaresma, chega a hora de se esbaldar com as deliciosas comidas da Páscoa. A reunião de familiares e amigos na sexta-feira Santa e no Domingo de Páscoa traz o costume da substituição de carnes vermelhas por peixes e frutos do mar.

Mas antes do sabor, é preciso ter cuidados já na hora de comprar! Para assegurar a qualidade e evitar riscos de infecções ou intoxicações, os alimentos devem ser escolhidos, conservados e manipulados de forma correta.

 Como escolher os alimentos

Devem estar apresentados em locais limpos, organizados e estar em bom estado de conservação. Peixes e frutos do mar frescos têm que estar sob refrigeração e apresentar escamas bem aderidas ou couro íntegro, guelras róseas e olhos brilhantes e transparentes. Já os congelados, devem estar devidamente embalados e conservados em temperaturas adequadas. Evite adquirir aqueles que apresentam acúmulo de água ou gelo na embalagem, pois podem ter sido descongelados e congelados novamente.

Frutas, legumes e verduras não devem ser consumidos caso tenham partes estragadas, mofadas ou com coloração ou textura alteradas.
E lembrem-se: alimentos não corretamente higienizados, utensílios sujos, insetos e as próprias pessoas podem ser fontes de contaminação

Vamos as receitas…

Esse período é uma excelente oportunidade para conhecer novas receitas e saborear um prato diferente e muito saboroso. As preparações dos peixes e frutos do mar são versáteis. Podem ser assados, grelhados, ensopados (moqueca) ou cozidos, acompanhados com ingredientes como pirão e saladas ou ainda servidos como recheio de tortas. Preparar peixe com legumes como pimentão, tomate e cebola ou com frutas como banana e açaí, é uma boa pedida!

E para aqueles que não gostam ou não podem comer os pescados (inclui peixes de água doce e de água salgada), crustáceos (camarão, caranguejos e siris) e moluscos (polvos, lulas, ostras, mariscos), podem optar em receitas com grãos, verduras e legumes.

Aproveite a semana para fazer sua receita preferida ou inovar com as receitas compiladas no livro Comida de Verdade, que é uma iniciativa do Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição do Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília (UNB) em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

Luíza Tiné, para Blog da Saúde.

Leia também: Conheça como funciona o trabalho de uma OSCIP que resgata animais em situação de risco e abandono.

Você também pode querer saber: Como estabelecer metas de estudos.

Fonte: blog.saude.gov.br

SEU APOIO É IMPORTANTE!
Sua assinatura não somente ajudará no fornecerá notícias precisas, mas também contribuirá para o crescimento do bom jornalismo que ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras.

Obrigado pelo apoio!

Tornando-se assinante Prêmio!

Através do link abaixo você obtém 25% de desconto, também contribuirá com ações voltadas a proteção de animais em situações de abandono, e vítimas de maus tratos. Acesse o link ou escaneie o QRcode o abaixo e obtenha o desconto promocional e contribua com a causa animal!

LINK ASSINATURA ANUAL PAGAMENTO ÚNICO

Print Friendly, PDF & Email

Daniel de Miranda

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades, saúde, vida saudável, e alimentação. Natural de Balneário Camboriú, Santa Catarina. Atleta. Gamer. Estudante.
Botão Voltar ao topo